Acervos: segredo

Salas secretas, técnicas para ocultar pinturas e filme sobre a conversão de cartunista em líder espiritual do Santo Daime são conteúdos selecionados do site do Itaú Cultural

Pintura do artista brasileiro Ismael Nery (Foto: Sergio Guerini)

Verbetes
Surrealismo
O termo surrealismo, cunhado por André Breton com base na ideia de “estado de fantasia supernaturalista” de Guillaume Apollinaire, traz um sentido de afastamento da realidade comum que o movimento surrealista celebra desde o primeiro manifesto, de 1924. (…) A importância do mundo onírico, do irracional e do inconsciente, anunciada no texto, se relaciona diretamente ao uso livre que os artistas fazem da obra de Sigmund Freud e da psicanálise, permitindo-lhes explorar nas artes o imaginário e os impulsos ocultos da mente. O caráter antirracionalista do surrealismo coloca-o em posição diametralmente oposta das tendências construtivas e formalistas na arte que florescem na Europa após a Primeira Guerra Mundial (1914-1918) e das tendências ligadas ao chamado retorno à ordem. Como vertente crítica de origem francesa, o surrealismo aparece como alternativa ao cubismo, alimentado pela retomada das matrizes românticas francesa e alemã, do Simbolismo, da pintura metafísica italiana (…) e do caráter irreverente e dessacralizador do Dadaísmo (…)

Glauco (Foto: Acervo da família)

Glauco (Foto: Acervo da família)

Projetos
O Céu de Maria
Documentário produzido pelo Itaú Cultural aborda a relação do cartunista Glauco (1957-2010) com a religião do Santo Daime, fazendo com que fundasse, em 1997, a Igreja Céu de Maria, em Osasco, tornando-se um líder espiritual. Glauco teve como mentor Alfredo Gregório de Melo, descendente direto dos primeiros mestres que difundiram o culto no País. Em uma de suas tiras, pode-se ver retratado o amigo psicólogo Leonardo Libânio Christo, responsável por apresentar o cartunista à doutrina. O contato com a religião fez com que Glauco mudasse radicalmente seu estilo de vida, além de ter popularizado a crença, levando para o daime todos os seus familiares e colegas próximos. Localizada em Osasco, região metropolitana de São Paulo, a comunidade funciona até hoje.

Ocupação Angeli (Foto: Rubens Chiri)

Ocupação Angeli (Foto: Rubens Chiri)

Ocupações secretas
As ocupações promovidas pelo Itaú Cultural receberam, muitas vezes, salas secretas ou restritas por conta de seu conteúdo. Recentemente, na ocupação Glauco, uma caixa escondida do público manteve em segredo as tirinhas ligadas a temáticas sexuais e de drogas. A partir de um buraco em formato de fechadura podiam-se ver alguns dos trabalhos do famoso cartunista. O músico Jards Macalé também teve segredos escondidos do público durante sua ocupação em 2014. Para acessá-los era preciso empurrar uma parede falsa ao longo da exposição para atingir uma sala que remetia a uma caverna. Já a ocupação do cartunista Angeli, em 2012, manteve um quarto vermelho com decoração sadomasoquista que escondia alguns dos trabalhos de maior teor erótico e sexual produzidos pelo artista ao longo de sua vida.

Seis livros da coleção de Olavo Setúbal possuem pinturas secretas nas cunhas de cada volume (Foto: Horts Merkel/ Itaú Cultural)

Seis livros da coleção de Olavo Setúbal possuem pinturas secretas nas cunhas de cada volume (Foto: Horts Merkel/ Itaú Cultural)

Técnica Fore-Edge
Essa técnica manual de pintura em cunhas de páginas de livros teria sido inventada no século 18 por dois encadernadores e desenhistas portugueses que viviam em Londres. Esse processo se manteve em segredo por muito tempo, mas consta que fez sucesso na época, quando nobres e bibliógrafos encomendavam pinturas ocultas para os livros de suas bibliotecas particulares. Abrigados na coleção Brasiliana Itaú, de Olavo Setúbal, seis volumes de uma coleção de livros possuem aquarelas que remontam vistas da cidade do Rio de Janeiro. Aparentemente, essas pinturas secretas são as únicas obras conhecidas que oferecem um panorama completo da cidade daquele período. Para poder observá-las, deve-se inclinar as folhas. Essas paisagens foram possivelmente copiadas de um dos mais famosos livros de viagem do período, Voyage Around The World (1747), de George Anson.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.