Foi culpa de Santos Dumont

Exposição criada por Guto Lacaz mostra história da aviação no país e contribui para pesquisa sobre o assunto

Luana Fortes
Guto Lacaz diante do A-29 Super Tucano (Foto: Ana Abril)

“Quem vier visitar, verá uma coisa que ninguém viu até hoje. A exposição vai desde o balão de ar quente criado por Bartolomeu Gusmão em 1709 até o KC-390, cargueiro militar da Embraer”, conta Guto Lacaz, criador da mostra Design na Aviação Brasileira, para seLecT. O artista, arquiteto e entusiasta de aviões, mostra como o País vem se destacando em transformar ciência em design na aviação. Assim, aquilo que costumava ser uma brincadeira de quando era criança, começa a tomar forma de pesquisa e ganha caráter histórico e cultural.

Já em 2006 e 2009, Lacaz havia concebido a exposição Santos=Dumont Designer. Desde então, foi inevitável que o interesse crescesse. “Foi culpa de Santos Dumont”, brinca o artista, “Ele foi me levando para a etapa seguinte”. E essa etapa foi Design na Aviação Brasileira, que não só situa o emblemático avião 14 Bis, mas também oferece a oportunidade de conhecer os processos por trás de aeronaves contemporâneas.

Seção da fuselagem em corte de aeronave comercial regional

 

Logo ao entrar no Museu da Casa Brasileira, depara-se com uma grande linha do tempo, a qual revela diversas iniciativas aéreas desde 1709, contando com especial participação dos modelos da Embraer, parceira na realização da mostra. Adiante, o processo de criação de um avião é colocado em foco, explicitando as distinções entre métodos analógicos e digitais. Peças expostas de aeronaves revelam suas estruturas interiores e oferecem ao público uma ideia de escala.

Para completar, a mostra também conta com um óculos de realidade virtual, que permite explorar o espaço do avião militar KC-390, e modelos de aeronaves em escala, como a Máquina de Voar de Leonardo da Vinci e o turboélice militar A-29 Super Tucano em tamanho real.

Desenho técnico

 

Design na Aviação Brasileira tem atraído visitantes de diversas áreas e muitos deles chegam repletos de histórias para contar, colaborando para a pesquisa em aviação. “Pessoas trazem contribuições para que depois que a exposição termine seja possível fazer um banco de dados sobre o assunto”, revela Guto Lacaz. Pensando nisso, surpreenderia que outras exposições do tipo se manifestassem no futuro?

Serviço
Design na Aviação Brasileira
Museu da Casa Brasileira
Av. Brigadeiro Faria Lima, 2705
Até 20/8
www.mcb.org.br

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.