Inventário Tropical

Trabalho do artista Bruno Faria que denuncia caso dissimulado de negligência da administração pública

Inventário Tropical é um trabalho do pernambucano Bruno Faria. Nele, o artista apropria-se do inventário que faz parte do processo de tombamento da Praça de Casa Forte, no Recife, pelo IPHAN, projeto desenvolvido pelo Laboratório da Paisagem da UFPE e coordenado por Ana Rita Sá Carneiro, professora Doutora em Arquitetura e Paisagismo. Faria alugou um carro utilizado para publicidade e realizou uma ação circulando pela praça lendo o inventário do projeto, comunicando aos transeuntes a história do local, apontando os atuais problemas de descuido por parte da prefeitura, assim como graves problemas da especulação imobiliária. Dessa forma, o artista criticou publicamente os problemas de manutenção e preservação da praça, anunciando a emergência de um restauro daquele importante projeto modernista de 1934, o primeiro projeto de jardim público de Roberto Burle Marx.

Créditos
Imagem e edição: Bruno Faria e Tulio Couceiro

Trabalho realizado através do Prêmio Residência Artística FUNDAJ – Fundação Joaquim Nabuco.
Comissão de seleção: Bitu Cassundé, Moacir dos Anjos e Helmut Batista.
Fundação Joaquim Nabuco, Recife – PE [2013]

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.