Performance expandida

Fotografias, vídeos e pinturas integram NO BODY, a mais recente individual de Silvio Dworecki

Da redação
Trabalho da série NO BODY, de Silvio Dworecki (Fotos: R de Vicq)

O antes e o depois do corpo, porém sem este ser explícito, protagoniza o trabalho mais recente do artista e livre docente da FAU-USP, Silvio Dworecki. A série NO BODY nasce de uma performance expandida, que se inicia com a própria ação, continua com a captura em fotografias e prossegue com a reconstrução em pinturas. A câmera fotográfica volta a retratar as pinturas, fazendo novas tomadas que se transformam em vídeos. Dessa forma, a performance vai sofrendo intervenções e conversando com outros suportes.

Trabalho da série NO BODY, de Silvio Dworecki

“A imagem que se insinua, que não diz tudo, é a que melhor convoca a imaginação”, afirma Silvio Dworecki. São as sombras que sugerem tanto as representações do corpo, quanto as paisagens, criando uma sensação de movimento e de constante transformação. O efeito esfumaçado das paisagens nasce do uso de diversos materiais como tinta a óleo, esmalte, têmpera, pigmento, ferro em partículas e grafite em pó, entre outros.

Frente à pressa contemporânea, Dworecki propõe a contemplação de um corpo anatômico por construir, como se sua total criação dependesse das emoções individuais.

Serviço
NO BODY, de Silvio Dworecki
Galeria Virgilio
Rua Dr. Virgilio de Carvalho Pinto, 426 – São Paulo
Até 2/9
www.galeriavirgilio.com.br

 

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.