Torre de transmissão

Projeto apresenta performance de 24 horas em resposta ao fechamento de escolas rurais no Brasil

Da redação

Em resposta ao fechamento de escolas rurais no Brasil, o projeto Expedição Catástrofe: Por uma Arqueologia da Ignorância, contemplado pelo Rumos Itaú Cultural 2015-2016, implanta uma Torre de Transmissão no Campus Samambaia da Universidade Federal de Goiás, no município de Goiânia. Como um dispositivo de fala e sistema de escuta, a torre traz a leitura ininterrupta de nomes das 60 mil escolas rurais fechadas desde 1995 no país. Entre os leitores estão as mais diversas vozes, como artistas – Ícaro Lira, Filipe Britto, Yuri Firmeza, entre outros – e sujeitos locais do município. A ação dura 24 horas e é transmitida integralmente por streaming.

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.