Balanço

Ao longo de sete edições Salão dos Artistas Sem Galeria se firma como evento que fomenta a profissionalização de novos nomes das artes visuais

Publicado em: 19/01/2016

Categoria: Agenda, Da Hora, Notícias Quentes

Tela de Giulia Bianchi Thompson (Foto: Divulgação)

Promovido desde 2010, o Salão dos Artistas Sem Galeria se mostrou uma espécie de iniciação ao mercado de arte para seus participantes, ainda que esse não seja o principal norte do projeto. “A primeira observação a fazer é que o objetivo do salão não é conseguir galeria ou representação para os artistas participantes”, revela o jornalista Celso Fioravanti, criador do Mapa das Artes, guia de artes visuais que promove o Salão. Ele explica que o evento serve sim para “mostrar que é possível, a partir do esforço conjunto, comunitário e cooperativo dos artistas viabilizar formas de exibição que, muitas vezes, vão além do trabalho dos galeristas”.

Fioravanti acredita que os artistas, ao participarem com um salão nesses moldes, não apenas exibem seus trabalhos, como também passam pela avaliação de curadores importantes do circuito (este ano, por exemplo, o júri foi formado por Jacopo Crivelli Visconti, Marta Ramos-Yzquierdo e Douglas de Freitas), entram em contato com a imprensa, com a montagem e divulgação das exposições. “O Salão visa que os artistas se profissionalizem e aprendam a enfrentar as dificuldades que possam aparecer. Pertencer a uma galeria é apenas mais um ponto em sua carreira. O artista também precisa aprender a montar um portfólio, inscrever-se em um edital, organizar sua produção e, com o salão, ele dá seus passos importantes nesse sentido”, explica.

O crivo dos jurados, “profissionais experientes, críticos, formadores de opinião e que agregarão novas perspectivas às carreiras dos selecionados”, aliado à ideia profissionalizante, fez com que o evento revelasse nomes que hoje continuam em atividade na cena das artes visuais, como é o caso de Bettina Vaz Guimarães, Rodrigo Sassi, Lucas Dupin e Andrey Zignnatto, entre outros que passaram pelo salão.

Edição 2015

A sétima edição do Salão dos Artistas Sem Galeria começa nesta terça-feira (19) na Zipper Galeria, em São Paulo. No dia seguinte, quarta (20), a Galeria Sancovsky, também na capital paulista, abre suas portas para receber trabalhos dos artistas selecionados: Bruno Bernardi (GO/SP), Daniel Antônio (MG/SP), Daniel Jablonski (RJ), Felipe Seixas (SP), Giulia Bianchi (SP), Marcelo Oliveira (RJ), Mariana Teixeira (SP), Renan Marcondes (SP), Renato Castanhari (SP) e Sergio Pinzón (Colômbia/SP). Em março, a exposição segue para Orlando Lemos Galeria, em Nova Lima, Minas Gerais.

Serviço

Zipper Galeria
De 19/1 a 20/2/2016
Rua Estados Unidos, 1494 – Jardins – São Paulo/SP
(11) 4306-4306
zippergaleria.com.br

Galeria Sancovsky
De 20/1 a 20/2/2016
Praça Benedito Calixto, 103 – Pinheiros – São Paulo/SP
(11) 3086-0784
galeriasancovsky.com.br

Orlando Lemos Galeria
De 12/3 a 23/4/2016
Rua Melita, 95 – Jardim Canadá – Nova Lima/MG
(31) 3224-5634
orlandolemosgaleria.com.br

 

Tags: , ,

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.