Sergio Lucena exibe telas na Galeria Mezanino, em São Paulo

Com curadoria Julia Lima, a mostra traz um conjunto de quadros inéditos, em grandes e médios formatos, produzidos entre o ano passado e o início de 2016

Publicado em: 03/03/2016

Categoria: Agenda

Foi a partir de uma pintura do Éden, finalizada em 2015, que o paraibano Sergio Lucena pensou a exposição de trabalhos inéditos que inaugura no dia 2 de abril na Galeria Mezanino, na capital paulistana. A obra de grande dimensão, que o artista considera um ponto importante em sua carreira, trouxe implicações que alteraram a dinâmica do seu trabalho: se antes suas pinceladas eram contínuas, indo de um extremo ao outro da tela, o formato do quadro maior do que a amplitude do gesto o fez desenvolver pinceladas curtas e mais sutis. A mostra É como o vento… apresenta o resultado de seu novo processo criativo em um conjunto de quadros inéditos, em grandes e médios formatos, produzidos entre o ano passado e o início de 2016, selecionados pela curadora Julia Lima.

Serviço
Galeria Mezanino
Rua Cunha Gago, 208, São Paulo
De 2 de abril até 21 de maio
De terça a sábado, das 11h às 19h
Tel.: (11) 3436.6303

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.