A garrafa que virou obra de arte

Guilherme Kujawski

Publicado em: 25/02/2015

Categoria: Da Hora, design

Heineken Up On The Roof promove festa que marca o lançamento de garrafa exclusiva que comemora 140 anos da cervejaria holandesa

Legenda: Vídeo promocional da garrafa comemorativa de 140 anos da cerveja Heineken

Hoje, dia 25 de fevereiro, a cervejaria holandesa Heineken comemora 140 anos com o lançamento da edição limitada de uma garrafa desenhada pelo brasileiro Fernando DeGrossi. A festa pega carona no Heineken Up on the Roof, no topo do Edifício Martinelli, no centro de São Paulo.

O projeto venceu um concurso mundial organizado pela cervejaria em 2013 e contou com 2.000 projetos inscritos. O design resultante é uma miscelânea de vários rótulos usados na trajetória comercial de cinco décadas da marca.

Já o conceito do material de alumínio usado na garrafa é inspirado em uma história que merece uma narrativa à parte, uma história que começou em 2001.

Neste ano, a cervejaria convidou o designer francês Ito Morabito para conceber uma garrafa diferente voltada especificamente para o público da noite. Foi assim que surgiu a garrafa Pacco.

Desde então, todos os anos, a Heineken lança edições limitadas de garrafas desenhadas por Ora-Ïto (é assim que ele assina seus projetos para a cervejaria). Teve um ano em que o designer propôs um frasco coberto de cromo, mas o custo de produção era tão alto que a empresa foi obrigada a cancelar a iniciativa.

Heineken_body

Legenda: A garrafa revestida de cromo assinada pelo designer francês Ito Morabito

A garrafa de alumínio virou uma lenda, não apenas no mundo do design, já que passou a figurar no acervo do Le Magasin (Centro Nacional de Arte Contemporânea de Grenoble, França), ganhando o status de obra de arte.

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.