A imaginação no poder

Redação

Publicado em: 31/03/2014

Categoria: Especial 31a Bienal de São Paulo, Reportagem

Curadores da 31ª Bienal de São Paulo falam sobre  imaginação política e a próxima edição do evento

Na edição #17 da seLecT há uma entrevista de Paula Alzugaray, Giselle Beiguelman e Márion Strecker com três curadores da 31ª Bienal de São Paulo (“Nós” em vez de “eu”, pág. 92), entre eles Charles Esche, que acaba de receber o prêmio o Audrey Irmas 2014 por Excelência Curatorial, outorgado pelo Center for Curatorial Studies do BardCollege, em Nova York (o prêmio será apresentado por Lauren Cornell, curadora do New Museum, no dia 02 de abril, em Nova York).

Assista ao vídeo no qual os curadores discutem a relação entre arte e política e as particularidades da próxima edição da Bienal.

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.