A volta dos teclados

Nina Gazire

Publicado em: 16/12/2011

Categoria: Selects, som

Confira a nossa lista com os teclados/sintetizadores mais bacanudos do novo milênio 

The-original-keyboard-cat_2004-l

Foi em 1963 que o inventor e músico norte-americano Robert Moog criou o Moog modular synthesizer, primeiro sintetizador com teclados. Posteriormente, a invenção foi apropriada pelos japoneses que tornaram os teclados da marca Yamaha e Casio um clássico que fez a cabeça de muitos roqueiros. Na década de 1970, o instrumento levava o público ao delírio com a virtuose de Rick Wakeman. Depois, foi a vez da reinvenção da música eletrônica, com os sintetizadores de italiano Giorgio Moroder, os alemães do Kraftwerk e Brian Eno. Daí foi um passo para a dominação dos teclados na década 1980 com o surgimento do synthrock. Nos anos 1990, o instrumento caiu no ostracismo, passando a ser malquisto por muitos músicos_ talvez sob influência do som pesado do Nirvana_ ocupando um lugar mais que secundário no cenário do rock. Atualmente uma série de novos artistas resgatam as sonoridades dos teclados do passado, porém dando um toque contemporâneo.

John Maus – Believer

Tickley Feather – keyboards is drunk

Geneva Jacuzzi – Love Caboose

Nite Jewel – Artificial Intelligence

Jewels of the nile – Kiss of fire

SLEEP ∞ OVER – La Rose

Ariel Pink – Kate I wait

http://www.youtube.com/watch?v=gB65ENKm4AM

Com Truise- Sundriped

Kuedo – Starfox

Puro Instinct – Stilyagi

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.