Adeus a Niemeyer

Conheça dez obras projetadas por Oscar Niemeyer espalhadas por cidades do interior do Brasil

Nina Gazire

Publicado em: 06/12/2012

Categoria: Selects

Mestre das curvas e um dos últimos nomes a propagar uma arquitetura genuinamente modernista, o carioca Oscar Niemeyer nos deixa saudades, porém não um vazio. São inúmeros os seguidores que se inspiram em seu estilo único e que fez do no nosso país uma referência para a arte arquitetônica. Itália, França, EUA e Espanha são alguns dos países que possuem projetos assinados pelo arquiteto. Além da capital nacional, Brasília, Belo Horizonte, Campo Grande, Rio de Janeiro, São Paulo, Recife, Natal, Fortaleza e Belém do Pará são as outras capitais brasileiras que levam para o mundo parte da obra desse prolífico gênio. Para além de seus edifícios e paisagens cosmopolitas, Niemeyer também assinou projetos espalhados pelo interior do Brasil. Conheça alguns dez projetos do artista e arquitero localizados em cidades do interior do país na nossa homenagem abaixo:

Teatro Estadual de Aráras Maestro Francisco Paulo Russo- Aráras (SP)

Teatro-estadual-araras-maestro-araras

Inaugurado em 1991, o Teatro Estadual Maestro Francisco Paulo Russo foi projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, com 466 lugares em seu auditório.

Edíficio Itatiaia – Campinas (SP)

450px-edifício_itatiaia_-_campinas

O Edifício Itatiaia foi projetado pelo arquiteto e está localizado no centro da cidade de Campinas, construído entre 1954 e 1960.

Monumento dos 500 anos-São Vicente (SP)

500anossv-são Vicente

O memorial foi construído em 2000, na ocasião dos 500 anos do descobrimento do Brasil. Está localizado em São Vicente, a cidade mais antiga do país, fundada em 1532 pelos portugêses. Localizado no alto de uma ilha, funciona como um mirante apontando para uma linha imaginária que levaria à outra obra de Niemeyer, o Congresso Nacional, em Brasília

Memorial 9 de novembro-Volta Redonda (RJ)

Volta Redonda

Em 1988, os metalúrgicos da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), entraram em greve, ocupando o interior da fábrica e interrompendo as atividades de produção.O então presidente da República, José Sarney, autorizou que o Exército Brasileiro invadisse o local e interrompesse a greve da empresa que na época era estatal. A invasão da fábrica por militares resultou em uma série de disparos de arma de fogo, que deixou diversos operários feridos e três mortos, entres eles, William Fernandes Leite, de 22 anos, Valmir Freitas Monteiro, 27 anos e Carlos Augusto Barroso, de 19 anos. O monumento é uma homenagem aos operários mortos em um dos episódios sindicais mais violentos da hitória do país.

Casa Edmundo Canavelas-Pedro do Rio (RJ)

Casa Edmundo Canavelas-petropolis

Localizada em um distrito de Petropólis, a Casa Edmundo Canavelas

é um projeto de Oscar Niemeyer de 1954.

Grande Hotel-Ouro Preto (MG)

Ouro Preto

Uma das obras pioneiras de Oscar Niemeyer, o hotel foi construído no centro da colonial Ouro Preto em meados dos anos 1940. Em 1995, voltando à sua obra após anos, Niemeyer realizou, nas paredes do lounge do hotel, um desenho de uma mulher cujas curvas simulam a montanhosa paisagem mineira.

Memorial Carlos Drummond de Andrade-Itabira (MG)

Itabira

Inaugurado em 1998, o memorial funciona como um museu em homenagem ao poeta que é natural da cidade Itabira. Localizado em um dos pontos mais altos da cidade, o espaço também funciona como um mirante.

Hotel Tijuco- Diamantina (MG)

Hotel Diamantina

Posterior ao Grande Hotel de Ouro Preto, o Hotel Tijuco está localizado em Diamantina e foi projetado por Niemeyer em 1950.

Coreto Ronaldinho Calazans-Caratinga (MG)

Coreto Caratinga

Em homenagem a um músico conhecido da cidade do interior mineiro, Niemeyer projetou este coreto, localizado na praça central, em 1980

Escola Estadual Manuel Inácio Peixoto-Cataguases (MG)

Colegiocataguases

A prevalência de projetos do maior arquiteto brasileiro em Minas Gerais se deu entre as décadas de 1940 e 1950, quando a convite do político e ex-prefeito de Belo Horizonte, Jucelino Kubitschek, que mais tarde quando se tornou presidente do Brasil, convidou-o para projetar a futura capital do país. O colégio Cataguases, como ficou conhecido, foi projetado em 1945.

Museu de Arte Popular da Paraíba-Campina Grande (PB)

Campina Grande

Obra mais recente de Niemeyer a ser inaugurada na próxima segunda-feira, dia 10 de dezembro de 2012. O Museu de Arte Popular da Paraíba, foi batizado de “Museu dos Três Pandeiros”.

Tags: , ,

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.