Agenda do fim do mundo (11 a 18/11)

Museu Itamar Assumpção; Mix Brasil; CCSP; Melvin Edwards; Moisés Patrício; Felippe Moraes; MAM Rio; Festival Varilux; Loop Art Fair

Da redação

Publicado em: 18/11/2020

Categoria: Agenda, Destaque

Itamar Assumpção (Foto: Reprodução)

“[…] longe de propor um Estado não intervencionista, o neoliberalismo antes concebe uma política de Estado, mas de intervenção estatal em favor do mercado. […] À diferença do liberalismo clássico, só por meio de uma audaciosa política de Estado em favor do mercado, sem a qual este pode sucumbir às suas fragilidades, é que ele ganha as condições necessárias para o seu bom desenvolvimento.”
Ruy Fausto em Revolução conservadora e neoliberalismo 

LANÇAMENTOS
Museu Itamar Assumpção
A partir de 20/11, dia da Consciência Negra, um museu virtual com mais de 2000 itens do acervo do músico e compositor. O projeto inclui exposições temporárias e permanentes, loja, vídeos e entrevista. No dia do lançamento, será realizado um show de Anelis Assumpção, filha do artista, às 21:30, pelo Youtube e pelo site do museu.  

Cartaz do filme Dupla Proteção, de Jacqueline Bril Ruberto (Foto: Divulgação)

Stefania Bril
Dupla Proteção

Em 18/11, às 16h, acontecerá no YouTube e Facebook do Instituto Moreira Salles uma conversa sobre a obra da polonesa Stefania Bril com a jornalista e professora Cremilda Medina, a curadora Rosely Nakagawa, o pesquisador Ricardo Mendes e a filha da fotógrafa, Jacqueline Bril. Na mesma ocasião, Jacqueline lança o filme Dupla Proteção, que narra a história de sua família através de três gerações, discutindo os impactos catastróficos do nazismo sobre a comunidade judaica. 

Melvin Edwards (Foto: William e Sauro / Reprodução)

EXPOSIÇÕES
Melvin Edwards – O Escultor da Resistência
O Museu Afro apresenta, de 20/11 a 31/1/2021, mostra que reúne peças de diferentes momentos dos mais de 60 anos de produção do artista norte-americano. A exposição é uma ampliação de outras que o artista já realizou no Brasil desde 2019, em instituições como o MAM Bahia e o Museu da República.  

Sem título (2020), de Moises Patrício (Foto: Reprodução)

Exuberância
Em sua primeira individual na Galeria Estação, com curadoria de Ricardo Sardenberg, o artista Moisés Patrício apresenta pinturas e objetos. Espiritualidade, religiões afro-brasileiras e memórias estão entre alguns dos assuntos da mostra, que segue aberta até 12/12.

Figa (2020), de Felippe Moraes (Foto: Divulgação)

Figa
Até 19/12, a Vila Itororó recebe a ocupação Figa, do artista Felippe Moraes. Os grandes lambe-lambes que estão em diferentes espaços, das paredes da vila aos telhados de galpões no bairro da Bela Vista, em São Paulo, foram produzidas a partir dos gestos de pessoas LGBTQIA+, como Linn da Quebrada e Márcia Pantera, e são parte da identidade visual desenvolvida por Moraes para o Festival Mix Brasil. 

Ação da Frente 3 de Fevereiro no Centro Cultural São Paulo para exposição Abre-Caminhos (Foto: Reprodução)

Abre – Caminhos
Programa de Exposições
Desde 17/11, o Centro Cultural São Paulo apresenta a 30ª edição de seu Programa de Exposições  e uma coletiva com curadoria de Hélio Menezes. Entre os selecionados via edital, estão Alice Lara, a dupla Amador e Jr. Segurança Patrimonial Ltda, Ana Clara Tito, Bruno Novaes, Helô Sanvoy, Iagor Peres e Rafael Bqueer. A mostra, que também marca a comemoração dos 30 anos do CCSP, conta Daiara Tukano, Genilson Soares, Rommulo Vieira Conceição e Ventura Profana como artistas convidados. Já na curadoria de Menezes, dedicada a intervenções no prédio da instituição e nos seus arredores, artistas como Monica Ventura, Castiel Vitorino e Yhuri Cruz apresentam esculturas e instalações baseadas em elementos das religiões afro-brasileiras. 

Fotografia de Christian Cravo (Foto: Divulgação)

Northern Light, Southern Ski
A individual de Christian Cravo na Galeria Babel reúne 32 fotografias nas quais o artista revisita sua produção do início dos anos 1990. Aberta até 31/1/2021, a exposição coloca em perspectiva imagens produzidas em Salvador e questões surgidas no período da pandemia, como a luta pela sobrevivência e a desigualdade social. 

Flower Kisser (2019), de Gabriela Godoi (Foto: Ana Pigosso)

Outro, Si, Mesma
A artista Gabriela Godoi apresenta individual dentro do projeto Cal Gosta, reunindo pinturas de seus amigos feitas durante a quarentena e objetos de cerâmica que emulam utilitários domésticos. Sem data prevista para encerramento, a exposição pode ser vista virtualmente, ou mediante agendamento prévio aqui. 

O MAM Rio (Foto: Fabio Souza)

INSTITUIÇÃO
Zona Aberta
O Museu de Arte Moderna do Rio realiza um projeto de ateliês móveis, promovendo encontros e oficinas com artistas e resgatando o caráter educativo e formador presente nos primórdios da instituição. Entre as atividades já agendadas, está uma oficina com Daniel Bruno e Antonio Amador, em 28/11, ambos educadores no museu, sobre como desenhar mapas. 

Still de Limbro (2011), de Cao Guimarães (Foto: Divulgação)

FEIRA
Loop
Dedicada completamente à comercialização de filmes e vídeos, a feira promove projetos comissionados e uma série de talks e sessões curadas, apresentados tanto em espaços físicos, em Barcelona, quanto digitalmente. Entre as galerias, está a Nara Roesler, que participa com um vídeo de Cao Guimarães. A versão digital acontece até 26/11.

Frame de O Acossado (1960), de Jean Luc Godard (Foto: Reprodução)

FESTIVAL
Varilux do Cinema Francês
A edição deste ano da mostra acontece de 19/11 a 3/12 presencialmente em diversas cidades do país. Com curadoria de Emmanuelle e Christian Boudier, o festival vinha acontecendo on-line desde o início da pandemia e a opção pela reabertura presencial veio como medida de incentivo aos cinemas locais. 

Tags: , , , , , , , , ,

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.