Agenda do fim do mundo (15 a 22/4/2020)

Achille Mbembe, Inhotim, Sesc Digital, Hotsite Poiesis, Editora Cobogó, Brasília International Film Festival

Publicado em: 15/04/2020

Categoria: Agenda, Destaque

Still do Filme A Cidade Onde Envelheço (2016), de Marília Rocha (Foto: Reprodução)

“Se a Covid-19 é expressão espectacular do impasse planetário no qual a humanidade se encontra, então trata-se, nada mais nada menos, de recompormos uma Terra habitável, e assim ela poderá oferecer a todos uma vida respirável. Seremos capazes de redescobrir a nossa pertença à mesma espécie e o nosso inquebrável vínculo à totalidade do vivo? Talvez esta seja a derradeira questão, antes que a porta se feche para sempre.”
Achille Mbembe em O direito universal à respiração

CINEMA
Eu no Espaço / O Espaço em Mim
Na seleção de filmes que integram esta mostra online, estão trabalhos que exploram a relação que os indivíduos desenvolvem com o espaço. Com foco na produção nacional, diversos pontos de vista aparecem como forma de traçar a história social e subjetiva de diferentes territórios. Entre os títulos selecionados, estão A Cidade Onde Envelheço, de Marília Rocha, e Querida Mãe, de Patrícia Cornils. No site do Itaú Cultural até 28/4.

Imagem de divulgação do Biff (Foto: Reprodução)

FESTIVAL
7º Biff
O Brasília International Film Festival, que aconteceria presencialmente entre os dias 21 e 26/4, decidiu manter seu cronograma com a exibição dos filmes por streaming na plataforma Looke. O festival, totalmente gratuito, não irá alterar sua programação original e mantém, inclusive, a mostra competitiva, com oito títulos inéditos, entre ficções e documentários. O evento, com curadoria de Anna Karina de Carvalho, Pedro Butcher, Priscila Miranda e Marcio de Andrade, inclui um tributo ao ator Kirk Douglas, morto em 5/2/2020. 

Dead Nature, Rafael da Escóssia e Kabe Rodríguez, na Guava Gallery (Foto: Divulgação)

EXPOSIÇÃO
Desastres Políticos de Autoajuda ou Algumas Correntes de Zap para o Fim do Mundo
A partir de uma seleção de trabalhos já realizados, que inclui pesquisas, projetos e uma curadoria de memes e printscreens, os artistas Rafael da Escóssia e Kabe Rodríguez, em diálogo com a curadora Mariana Destro, apresentam uma exposição virtual que reflete o momento atual. Quem acolhe o projeto é a Guava Gallery, que desde 2019 está focada na realização de mostras pensadas exclusivamente para o Instagram. A exposição pode ser vista de 16/4 a 3/5. 

Jardim Desértico do Inhotim (Foto: William Gomes)

ACERVOS
Inhotim no Google Arts
Enquanto o espaço físico está fechado, o museu a céu aberto disponibiliza vídeos, talks e exposições virtuais. Agora, é possível passear virtualmente pelo parque ou acessar as obras por categorias de pesquisa, como linguagem, autor, tema ou movimento artístico. A parceria entre o Inhotim e o Google Arts inclui também uma série de exposições pensadas especificamente para o digital, como Visão Geral, com curadoria de Douglas de Freitas, que será inaugurada em 22/4. 

ACERVOS
Sesc Digital
Áudios, vídeos, imagens e publicações da coleção audiovisual da instituição estão disponíveis para o acesso digital. Entre os destaques, está o Acervo Sesc de Arte Brasileira e Bienal Naifs, com registros fotográficos em alta resolução e textos explicativos sobre as obras e os artistas. Além disso, a plataforma contará com material inédito, como os cursos Noções Básicas de Desenho e Narrativa de Quadrinhos, sobre as etapas criativas de Rafael Coutinho, e O Pintor Letrista, que promove um panorama da história do desenho de letras populares no Brasil e no mundo.

Vista da exposição Arteletra Em Trânsito, na Casa das Rosas (Foto: Samuel Esteves)

INSTITUIÇÃO
Hotsite Poiesis
Os museus Casa das Rosas, Casa Guilherme de Almeida e Casa Mário de Andrade, que são administrados pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, passam a ter sua programação disponível no digital. Serão atividades nas áreas de dança, teatro, música, literatura, cinema e artes visuais, realizadas por artistas, produtores e funcionários dessas instituições.

Print screen da revista O Turvo (Foto: Divulgação)

REVISTA
O Turvo
Reunindo textos e intervenções gráficas que transitam entre o depoimento confessional e a reflexão social, entre o design gráfico e a arte, a primeira edição do O Turvo é uma resposta convulsa ao momento presente. Programada para ser lançada bimestralmente nas versões impressa e online, a revista tem edição de Guilherme Teixeira e Will Cega e conta com participação de artistas e curadores como Santarosa Barreto, Germano Dushá, Anna Costa e Silva e Rodrigo Andrade. 

O curador Raphael Fonseca (Foto: Reprodução)

PERIÓDICO
Cavalete.mag
O pesquisador Uriel Bezerra e o artista Alan Adi alimentam uma plataforma móvel que inclui aulas, leituras de portfólios e produção de conteúdo crítico sobre arte contemporânea. Durante a quarentena, os idealizadores do projeto reúnem depoimentos de artistas e curadores a partir da pergunta: Como você mantém contato com a produção de artistas distantes de onde você está?

TEATRO
Ed. Cobogó
Com o projeto #teatroemcasa, a Cobogó passou a disponibilizar na íntegra peças que foram publicadas pela editora. Entre as gravações que já foram disponibilizadas, estão Insetos, de Jô Bilac, peça adaptada pela Insetos – Companhia dos Atores, e Por Elise, escrita, dirigida e encenada por Gracê Passo. Os links para acessar os vídeos completos estão no instagram da editora.

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.