Agenda do fim do mundo (15 a 22/7)

Casa Niemeyer, MAM 72 anos, 1 curadorx, 1 hora, Lei Aldir Blanc, Juliana Cerqueira Leite, The Future of Museums Dialogue Series

Da redação

Publicado em: 15/07/2020

Categoria: Agenda, Destaque

Sem título, da série Notícias da América (2011), de Paulo Nazareth (Foto: Divulgação)

“O que vemos muito claramente na pandemia da Covid-19 é essa mesma perda de mundo que estamos vivendo com o colapso ecológico. Os novos políticos de direita, os novos nacionalismos, do America First ao Brasil acima de tudo, seguidos cegamente por toda essa gente que se sentiu traída e abandonada pelo sonho da modernidade para todos. A consciência de que estamos perdendo o mundo modificou a geopolítica global. Não tem mais mundo pra todo mundo, simples assim.”
Deborah Danowski em entrevista à Mariana Amaral

EXPOSIÇÃO
Exposição Triangular online
Desde 2019, a Casa Niemeyer vem formando seu acervo por meio de doações de obras de diversos artistas em atividade. Agora, em uma segunda fase de aquisições, sob curadoria de Ana Avelar, as obras serão apresentadas digitalmente no Instagram da instituição. Entre as peças, estão obras de Raphael Escobar, Daniel Caballero, Paulo Nazareth, Thiago Martins de Melo e Yuli Yamagata. O projeto inclui também uma programação de lives com os artistas da coleção a próxima convidada é Lenora de Barros, em 17/7. Disponível de 13 a 20/7. 

Sem título (1964), de Antonio Dias (Foto: Divulgação)

INSTITUIÇÃO
Mam 72 anos
No mês de seu aniversário, o Museu de Arte Moderna de São Paulo vem apresentando uma programação online com debates sobre os artistas do acervo e conteúdo sobre a história de exposições emblemáticas, como A Contribuição da Mulher às Artes Plásticas do País (1960) e O útero do mundo (2016). Nesta semana, até 19/7, a ideia é relembrar a mostra A Mão Afro-Brasileira (1988), que será desdobrada em uma oficina virtual de ritmos africanos e em um encontro online com Suzane Jardim, historiadora em questões étnico-raciais. No encerramento do projeto, ainda, haverá o lançamento de experiências na página do Google Arts & Culture, com recortes inéditos da exposição Antonio Dias – Derrotas e Vitórias, e de roçabarroca, Projeto Parede do artista Thiago Honório. Confira a programação completa aqui

EXPOSIÇÃO
Hotel Marajoara
A segunda exposição individual da artista Juliana Cerqueira Leite na Galeria Casa Triângulo, apresentada no formato de viewing room, é resultado de mais de dois anos de pesquisa sobre as urnas funerárias ameríndiasas conhecidas cerâmicas marajoara, utilizadas como objetos de decoração, inclusive, tinham originalmente essa função. Na mostra, por meio de esculturas, desenhos e colagens digitais, Cerqueira Leite discute as mudanças culturais que envolvem as urnas. Até 29/8.

ENTREVISTA
1 curadorx, 1 hora
O curador Raphael Fonseca criou neste mês o canal no Youtube, no qual entrevista curadores de diferentes gerações como forma de entender as metodologias e as práticas de cada um. A primeira convidada do projeto  – que foge ao formato live e consiste na veiculação de conversas gravadas – foi Amanda Carneiro, curadora assistente do Museu de Arte de São Paulo, onde atua desde 2018.  

Aldir Blanc (Foto: Reprodução)

INSCREVA-SE
Lei Aldir Blanc
Agentes do meio cultural em atividade nos últimos 24 meses, sem vínculos empregatícios e que não estejam recebendo outras formas de auxílio emergencial, podem se inscrever para receber, por meio da Lei Aldir Blanc, três parcelas de R$ 600. Espaços culturais, editoras e outros empregadores também podem aplicar para verbas que variam de R$ 3 a R$ 10 mil. As inscrições são feitas digitalmente, por meio das plataformas dos governos estaduais e municipais. Entre as Secretarias de Cultura que já estão com o cadastro aberto, estão as de Cajamar, Congonhas e Ilha Comprida. São cerca de R$ 3,6 bilhões destinados para esse auxílio, vindos a partir do Fundo Nacional da Cultura. 

Judith Butler (Foto: Creative Commons)

CURSO
De Virginia Woolf a Judith Butler: uma Introdução à Teoria Feminista e à Teoria Queer
O projeto é parte de um curso de extensão da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP e busca discutir os pilares epistemológicos da teoria feminista e da teoria queer, a partir das duas autoras no título. Coordenado por Daniel Puglia e ministrado por Luiza Provedel Martins Moreira, o curso tem 60 vagas para alunos e não alunos da Universidade e prevê certificado para aqueles que participarem em pelo menos 75% das aulas. Atividade gratuita. 

Nico Wheadon (Foto: Isaiah Watkins)

DEBATE
The Future of Museums Dialogue Series
O pesquisador David van der Leer convida uma série de profissionais de museus norte-americanos, como curadores, historiadores, professores e diretores, para discutir, em formato webinar, o futuro das instituições museológicas. Entre os participantes, já estiveram Nico Wheadon, diretora do NXTHVN, e as próximas conversas contarão com Alexandra Monroes, do Guggenheim, em 21/7 e Margriet Schavemaker, do Museu de Amsterdã, em 28/7.

Vista do stand da Esther Schipper Gallery na Art Basel 2019 (Foto: Cortesia Art Basel / Reprodução)

ANÁLISE
What Might the Artworld’s ‘New Normal’ Look Like?
No texto, o crítico de arte J. J. Charlesworth discorre sobre como a desregulamentação das formas de trabalho e da distribuição de recursos na área da cultura podem fazer o sistema de arte se tornar dependente apenas de megabilionários, como já aconteceu nos anos 1990. À luz dos acontecimentos recentes – como o movimento Black Lives Matter, a reabertura de galerias e museus internacionais, e a situação das feiras online –, o autor aborda o que esperar do chamado “novo normal” no mundo da arte.

Flyer do projeto Trabalhadores de Arte-Brasil (Foto: Divulgação)

PESQUISA
Acordo de Trabalhadores da Arte Contemporânea para o Brasil
O pesquisador Jorge Sepúlveda e as artistas Guillermina Bustos e Monica Ventura acabam de lançar um formulário com o objetivo de mapear as condições laborais e criar um piso para os diferentes tipos de prestação de serviços no meio artístico. Além de identificar os perfis sociais dos artistas em atividade na cena contemporânea, o projeto pretende estabelecer referenciais de valor para participações em exposições, debates, entre outras atividades que, muitas vezes, são exercidas sem remuneração.

Capa do projeto NaPupila (Foto: Reprodução)

MARATONA
Edit -a – thon Artes + Feminismos | Arte e Arquivo – desdobramentos da prática decolonial
Organizada pela coletiva de pesquisa curatorial Na Pupila, em parceria com o Instituto Moreira Salles e o Wiki Movimento Brasil, a maratona online busca aumentar a presença feminina nos verbetes da Wikipédia. O evento, que acontece entre 18 e 19/7, via Zoom, contará no primeiro dia com falas de Roberta Zanatta, Ana Paula Alves Ribeiro e Miriam Cristina dos Santos, que irão discutir a presença de artistas e feministas negras por uma perspectiva decolonial. Já o segundo dia será dedicado à maratona propriamente dita, que acontecerá após uma oficina com Érica Azzellini, do Wiki Movimento Brasil, sobre como editar e produzir verbetes. Atividade gratuita.

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.