Agenda do fim do mundo (22 a 29/7)

Como habitar o presente? Ato 1 – É tudo nevoeiro codificado; Pivô Satélite; Festival Arte Serrinha; 5º Encontro de Museus-Casas Literários, As crianças sabem que tem algo acontecendo

Da redação

Publicado em: 22/07/2020

Categoria: Agenda, Destaque

O Fogo (2019), de Gabriela Noujaim (Foto: Divulgação)

“Museus que sobreviverem surgirão com conexões mais profundas com seus públicos e comunidades. Eles têm um senso de propósito bem definido e testado em batalha que os torna mais fortes do que nunca, mas também fortalece aqueles que servem. Eles se tornaram mais emocionalmente inteligentes e responsivos. Eles se tornaram bons ouvintes. Seu museu será um deles?”
Andrea Jones em Museus durante o “apocalipse”: como desenvolver empatia e se conectar com seus públicos

EXPOSIÇÃO
Como habitar o presente? Ato 1 – É tudo nevoeiro codificado
A vitrine da Galeria Simone Cadinelli apresenta uma exposição de vídeos, com curadoria de Erika Nascimento, que poderá ser vista durante 24h. Por meio da obra de 14 artistas, o projeto discute as angústias e as possibilidades surgidas da crise do coronavírus, assim como as desigualdades sociais exacerbadas por este momento. Os trabalhos selecionados, que estarão disponíveis também no site do espaço,  exploram questões relacionadas ao tempo, à virtualidade e ao desejo. Participam Anna Bella Geiger, Fernando Velázquez, Gabriela Noujaim, Manata Laudares, Moisés Patrício, entre outros. Até 22/08. 

Rebeca Carapiá (Foto: Jéssica Santos)

EXPOSIÇÃO
Pivô Satélite
O Pivô lança nesta sexta-feira, 24/7, uma plataforma na qual três curadores convidados indicarão quatro artistas para ocupar, individualmente, uma sala de projetos durante um mês, o que garantirá ao projeto uma programação anual. Quem inaugura o espaço é a curadora Diane Lima, com a exposição Os Dias Antes da Quebra, que contará com participação de Rebeca Carapiá, biarritzzz, Diego Araúja e Raylander Mártis dos Anjos.

FESTIVAL
19º Festival Arte Serrinha
O evento, que acontece sempre no mês de julho na Fazenda Arte Serrinha, em Bragança Paulista, contará este ano com uma edição prolongada, de 20/7 a 29/11, que será transmitida no Youtube. As atividades versam sobre as possíveis interações entre arte e ciência e incluem uma série de shows e debates com nomes como Denise Mattar, Fabio Delduque (idealizador do projeto), Fabio Miguel e Ricardo Martinez Garcia. Entre os destaques da programação, está a apresentação de Vincent Moon e Priscilla Telmon, nesta quarta, 22/7, às 20h. 

Flyer do curso Curadorias em Perspectiva (Foto: Divulgação)

CURSO
Curadorias em Perspectiva
O Instituto Tomie Ohtake apresenta um programa de aulas que discute a história, a função e as contradições do ofício do curador no momento presente. Pautas como gênero, representatividade e experimentação estão entre os assuntos tratados por Diego Mauro, Luana Fortes, Luciara Ribeiro, Luise Malmaceda, Naine Terena, Priscyla Gomes e Theo Monteiro. De 6/8 a 1/10. Inscrições aqui.

Casa Guilherme de Almeida (Foto: André Hoff)

DEBATE
5º Encontro de Museus-Casas Literários
Realizado pela primeira vez online, o Encontro de Museus-Casas Literários deste ano reúne membros de instituições como Iphan, Casa das Rosas e Casa Rui Barbosa para discutir a situação do museu durante a pandemia. O evento será realizado de 23 a 25/7, via Google Meet, e é destinado para estudantes e interessados na área. Para acessar a programação completa e realizar sua inscrição, clique aqui. 

DEBATE
Leitura de portfólio com Jimson Vilela
Como um dos desdobramentos da exposição O Mundo Não Escrito, que será realizada no Museu de Arte de Ribeirão Preto assim que o espaço estiver aberto, o artista Jimson Vilela realiza uma série de discussões sobre o trabalho de jovens artistas. As conversas, que contarão com a participação de Adriana Amaral, Debora Mazloum, Isis Gasparini e Renan Marcondes, serão exibidas no Youtube da instituição sempre às terças, de 21/7 a 18/8, das 18h15 às 19h15.

Flyer do Fundo Elixir (Foto: Divulgação)

AÇÃO
Fundo Elixir
Como forma de fornecer bolsas para os alunos dos grupos de pesquisa África nas Artes e Práticas Desobedientes, da cidade de Cachoeira, na Bahia, o Fundo Elixir é formado por diversos planos de contribuição para a formação e o fomento da produção de artistas locais. Para apoiar e saber mais sobre as categorias de bolsa que podem ser contratadas, tanto por pessoas físicas como jurídicas, basta escrever para fundoelixir@gmail.com. Mais informações aqui.

Natasha Ginwala, júri do Foundwork Artist Prize (Foto: Reprodução)

INSCREVA-SE
Foundwork Artist Prize
Inaugurado em 2019 e aberto para artistas de quaisquer nacionalidades, linguagens e idades, o Foundwork Artist Prize destina o valor de US$ 10 mil para o vencedor do prêmio. O programa também inclui studio visits, conversas públicas e outras formas para ampliar o alcance do trabalho. Inscrições até 15/10. 

DOCUMENTÁRIO
As Crianças Sabem que Tem Algo Acontecendo
Com direção de Edilene Moreira e Lico Cardoso, o documentário narra as perspectivas de três crianças sobre a crise do coronavírus e o isolamento social. Produzido com recursos do Projeto Curta em Casa, o curta coloca as consequências da pandemia em uma intersecção de debates entre classe, imigração, raça, cultura e espaço público.

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.