Agenda do fim do mundo (24/2 a 3/3/2021)

Naturezas Imersivas; Claudia Andujar; O Ventre da Terra; Refloresta; The New Social Environment; Ricardo Ribeiro; Paul Setúbal; Infinito Vão

Da redação

Publicado em: 24/02/2021

Categoria: Agenda, Destaque

Naturezas Imersivas (Foto: Divulgação)

“É um desafio falar destas questões, explicar como é que nós guarani nos organizamos e como podemos materializar este conhecimento nos museus através das exposições. Em como não sermos capturados, ou ao menos como criar estratégias de não captura, já que existe o risco de continuarmos reproduzindo o processo colonial.”
Sandra Benites em Ka’aguy Porã

EXPOSIÇÕES
Naturezas Imersivas
Com curadoria de Daniela Bousso, a mostra reúne Katia Maciel, Raquel Kogan, Rejane Cantoni e Ricardo Siri em uma discussão sobre as relações entre arte e natureza. As 13 obras que compõem o projeto podem ser visitadas no Farol Santander, em Porto Alegre, até 25/4. 

Fotografia de Claudia Andujar (Foto: Reprodução / Galeria Vermelho)

Claudia Andujar
A Fundación Mapfre, em Barcelona, apresenta cerca de 300 obras da artista, em uma visão panorâmica de sua atuação com os yanomami. Disponível de 26/2 a 23/5, a mostra tem curadoria de Thyago Nogueira e acontece em parceria com o Instituto Moreira Salles. 

Desenho Projeto 04 Item 29, de Abraham Palatnik (Foto: Vicente de Mello)

Abraham Palatnik – A Reinvenção da Pintura
Até 19/4, o CCBB de Belo Horizonte apresenta itinerância da mostra dedicada a um dos pioneiros da arte cinética no Brasil. Com curadoria de Pieter Tjabbes e Felipe Scovino, essa versão da exposição apresenta um componente novo: um documentário inédito dirigido por Roni Palatnik, filho do artista, e que registra a produção de seus trabalhos dos anos 2000. 

Brasil nativo, de Anna Bella Geiger (Foto: Reprodução)

O Ventre da Terra
Até 17/4, a Galeria Superfície, em São Paulo, apresenta uma coletiva que trata de questões como fertilidade, nascimento e morte. Com nomes como Ana Mendieta, Tunga e Vera Chaves Barcellos, a mostra tem texto de Pollyana Quintella e inclui fotografias, instalações e uma expografia com tijolos de barro, em um projeto em parceria com o estúdio de arquitetura MNMA. 

Título desconhecido (1983), de Miriam Inez da Silva

As Impurezas Extraordinárias de Miriam Inez da Silva
Com curadoria de Bernardo Mosqueira, a mostra da artista goiana segue na Galeria Almeida e Dale, em São Paulo, até 27/3. Com uma construção de finas camadas de tinta e temas variados, como o cotidiano, mitologias ou a cultura de massa de seu tempo, a exposição reúne trabalhos de pequenas dimensões com mais de 100 pinturas ocupando as paredes da galeria. 

Casa das Canoas (1951), de Oscar Niemeyer (Foto: Leonardo Finotti / Acervo CA)

Infinito Vão: 90 Anos de Arquitetura Brasileira
Reunindo projetos de mais de 90 arquitetos brasileiros, a mostra no Sesc 24 de Maio, em São Paulo, discute a história desse campo no país. Disponível até 27/6, a exposição tem curadoria de Fernando Serapião e Guilherme Wisnik e está dividida em seis núcleos que tomam a música como inspiração para discutir as mudanças arquitetônicas ao longo do tempo. 

A Grande Peleja (2019), de Paul Setúbal (Foto: Divulgação / Casa Triângulo)

Bronze, Couro, Ouro, Sangue
A primeira individual de Paul Setúbal na Galeria Casa Triângulo, em São Paulo, discute os limites físicos do corpo e as relações de poder. Aberta de 27/2 a 3/4, a mostra tem texto de Priscyla Gomes e reúne esculturas que lidam com símbolos bélicos ou militares, além de pinturas feitas com sangue. 

Puxirum, de Ricardo Ribeiro (Foto: Cortesia do artista / Galeria Marcelo Guarnieri)

Puxirum
A individual de Ricardo Ribeiro, na Galeria Marcelo Guarnieri, em São Paulo, reúne fotografias realizadas entre 2016 e 2018. Com temas como deslocamento, intimidade e trabalho doméstico, a mostra segue de 27/2 a 27/3 e na abertura haverá o lançamento de livro homônimo. Puxirum é uma palavra de origem tupi que define uma prática social na qual um grupo de pessoas reúne-se por um dia para desenvolver coletivamente um trabalho na roça.

MAM Rio (Foto: Fabio Souza)

INSCREVA-SE
Programa de Residências MAM Rio 2021
Com um total de 38 vagas e cinco diferentes projetos, o Museu de Arte Moderna do Rio está com inscrições abertas para seu programa de residências. Entre as categorias disponíveis, estão Residência de Pesquisa em Artes; Residência Territórios Curatoriais; Expresso Educação – Residência Professor-Pesquisador; Residência Germinadora; e Residência Incluir. O foco do programa é em adolescentes, professores, artistas, pesquisadores, curadores e profissionais com deficiência. Confira os dados completos no site do museu. 

Performance “Rua Dante” (2016), de Camila Buzelin. (Foto: de Helena Brown)

Festival Durante
Até 7/3, o festival mineiro abre inscrições para artistas da performance, em edição que homenageia a mostra Do Corpo À Terra, organizada nos anos 1970 por Frederico Moraes e Mari’Stella Tristão em combate à ditadura. Com curadoria dos artistas Paulo Nazareth, Shima e Camila Buzelin e coordenação da pesquisadora Yacy-Ara Froner, o festival irá selecionar vídeos e performances que dialoguem com aquele projeto, além da apresentação de lives, debates e lançamentos de livros.

Sesc Sonoro (Foto: Divulgação)

Sesc Sonoro
Até 31/3, o Sesc Paraná está com inscrições abertas para sua programação musical. Dedicado a artistas locais e de renome nacional, o edital busca promover shows, debates e itinerâncias pelo estado. O Sesc Sonoro conta com espetáculos de MPB, Jazz, Samba, Rock, música instrumental, entre outros gêneros. O edital contempla as categorias Circuito, para circulação das apresentações, e Café do Paço, para projetos na unidade Paço da Liberdade.

MÚSICA
Refloresta

Em apoio ao Instituto Terra, criado por Lélia e Sebastião Salgado, Gilberto Gil, Bem Gil e os Gilsons (trio formado por José Gil, Francisco Gil e João Gil, filho e netos do músico) lançam uma nova versão da canção Refloresta, em apoio à causa ambiental. Para cada vídeo feito com a música, o TikTok vai plantar uma árvore no Instituto Terra.

The Brooklyn Rail (Foto: Divulgação)

DEBATE
The New Social Environment
Até 26/2, a revista The Brooklyn Rail apresenta uma série de conversas que discutem as diversas vozes que compõem o mercado editorial e a produção de livros de arte. Com nomes como Etel Adnan, Jason Moran e Charles Bernstein, os debates serão realizados via Zoom. Inscreva-se aqui. 

Vídeo que apresenta o enunciado Sino de Ouro Preto na exposição Vento, parte da 34ª Bienal de São Paulo. (Foto: Levi Fanan / Fundação Bienal de São Paulo)

As Vozes dos Artistas #3: em torno do Sino de Ouro Preto
No dia 25/2, às 19h, a Bienal de São Paulo promove uma conversa com os artistas Ana Adamović, Carla Zaccagnini, Jota Mombaça, Nina Beier e Vincent Meessen. Além disso, a instituição promove o minicurso Reflexões Contra a Flecha do Tempo, que acontecerá entre 4 e 25/3, com o objetivo de aprofundar as discussões iniciadas na live a partir de questões como a morte de Tiradentes ou a inauguração de Brasília.

Printed Matter’s Virtual Art Book Fair (Foto: Divulgação)

FEIRA
Printed Matter’s Virtual Art Book Fair 
De 25 a 28/2, a feira, que é dedicada a zines, livros de artistas e livros raros, está disponível em versão digital. Com mais de 400 participantes de mais de 40 países, o evento também promove uma série de lives, performances e apresentações musicais como parte de sua programação.

PODCAST
Uma Filósofa por Mês

Dedicado a pensar questões morais e éticas, o Grupo de Estudos em Reflexão Moral Interdisciplinar e Narratividade (Germina) apresenta mensalmente um novo episódio do podcast dedicado a mulheres na filosofia. Entre palestras e minicursos, já foram analisados nomes como Maria Firmina dos Reis, Ilze Zirbel e Marie de Gournay.

Tags: , , , , , , ,

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.