Agenda do fim do mundo (24 a 31/3/2021)

1922: Modernismos em Debate; Augusto de Campos: 90 Anos; Além do Meme; O que Pode um Corpo? Festival Noite Suja; Portuñol

Da redação

Publicado em: 24/03/2021

Categoria: Agenda, Destaque

Re-Antropofagia (2018), de Denilson Baniwa (Foto: Isabella Matheus/Pinacoteca de São Paulo)

“Um espectro ronda o debate público. Não é de hoje. Acima das mentes de boa parte dos intelectuais brasileiros, paira uma sombra. São as nuvens densas do neoliberalismo. No último mês, choveu sobre nós em pelo menos duas grandes tempestades. A primeira molhou o petróleo. A segunda inundou as universidades públicas. Vamos decantá-las.”
Mano Ferreira em Quem tem medo do neoliberalismo?

DEBATES
1922: Modernismos em Debate
Instituto Moreira Salles, Museu de Arte Contemporânea da USP e Pinacoteca do Estado de São Paulo se reúnem para promover uma série de discussões sobre a Semana de 22, evento emblemático do modernismo no Brasil. Revisitando a data, seus momentos de radicalidade e de contradição, pesquisadores como Frederico Coelho, Heloísa Espada, Ana Gonçalves Magalhães e Horrana de Kássia Santoz buscam propor uma visão mais abrangente e plural do período. Os debates começam em 29/3 e seguem ao longo do ano pelos canais das instituições. 

Pretusi #1 (2019), de Yhuri Cruz (Foto: Divulgação)

Intersections in Contemporary Brazilian Art
Em 31/3, às 18h (horário de Brasília), o Global South Working Group promove um debate com Luciara Ribeiro, Pêdra Costa e Yhuri Cruz. Discutindo formas de resistência frente às crescentes opressões no país, o objetivo é pensar as intersecções entre raça, gênero e orientação sexual na produção artística atual. 

Augusto de Campos (Foto: Divuglação)

COMEMORAÇÃO
Augusto de Campos: 90 Anos
No aniversário de um dos pioneiros da poesia concreta no Brasil, a Galeria Luciana Brito apresenta um site que percorre a obra e a história do artista. Cobrindo 70 anos de produção, a página também disponibiliza uma entrevista inédita e registros da exposição na fachada da Biblioteca Mario de Andrade, em São Paulo, que também homenageia o poeta em uma série de ações ao longo do ano.

Triunfo (2019), de Tales Frey (Foto: Hilda de Paulo)

EXPOSIÇÃO
O Que Pode um Corpo?
O projeto de Tales Frey na plataforma SP-Arte 365, via Verve Galeria, conta com texto de Pollyana Quintella e está disponível até 1/5. Se a performatividade do corpo é um dos núcleos da produção do artista, suas ações se expandem para fotografias e objetos que discutem binarismos de gênero e tensões interpessoais. 

FESTIVAIS
Imaginária, Festa do Fotolivro

Até 28/3, a Lovely House, livraria e editora especializada em fotografia, promove debates, leituras de portfólios e concursos que buscam estimular a produção e reflexão sobre o formato fotolivro. Entre os convidados, estão Rony Maltz, Ana Paulo Vitorio, Geórgia Quintas e Walter Costa. Para José Fujocka e Luciana Molisani, organizadores do evento, a reflexão sobre impressão e curadoria da imagem, assim como o tempo dilatado de compreensão de um livro, são fundamentais em tempos de aceleração e excesso de informações digitais. 

Gigi Híbrida (Foto: Hugo Correa)

Festival Noite Suja
Entre 26 e 28/3, o coletivo belenense apresenta programação on-line com palestras e apresentações artísticas em torno da arte da montação e as questões que surgem a partir dessa experiência, como gênero e classe. O Noite Suja foi o espaço onde surgiram as Themônias, fenômeno de montação que questiona a normatividade da arte drag queen. Entre as participantes do festival, estão Gigi Híbrida, Shayra Brotero, Xirley Tão, Skyssime e Flores Astrais.  

Cartaz do filme Portuñol (2020), de Thais Fernandes (Foto: Leo Lage)

FILME
Portuñol
Com direção de Thais Fernandes, está disponível nas plataformas de streaming NOW, Oi Play e Vivo Play (via Canal Brasil). O documentário discute as relações fronteiriças do Brasil com os outros países da América Latina e é feito a partir de encontros com os mais diferentes personagens, de comerciantes a pesquisadores acadêmicos. Os depoimentos transitam entre o português, o espanhol, o guarani e, claro, o portuñol. 

Vista da 29ª edição da Mostra de Arte da Juventude, realizada em 2019 (Foto: Ilê Sartuzi)

INSCREVA-SE
Mostra de Arte da Juventude
Até 30/4, artistas entre 15 e 30 anos podem se inscrever no edital promovido pelo Sesc Ribeirão Preto. Além da participação em exposição, prevista para o segundo semestre e que também terá versão digital, o MAJ promove prêmios para os destaques da seleção. 

PODCASTS
Além do Meme
A história e os personagens por trás dos memes que viralizaram na internet são objeto de investigação do jornalista Chico Felitti. As reportagens mostram desde trajetórias emocionantes de figuras como Bambola Star até as irregularidades trabalhistas por trás de um fenômeno como o Trenzinho Carreta Furacão. 

Vida de Jornalista
Rodrigo Alves entrevista seus pares para discutir os impasses da profissão. Há conversas com jovens estudantes que falam das dificuldades de se inserir no campo da reportagem, atuando muitas vezes com projetos comerciais, até as questões de gênero e raça que ainda são uma deficiência no setor. O podcast é dividido em subtemas e também promove oficinas com especialistas.

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.