Agenda do fim do mundo (28/4 a 5/5/2021)

About Academia; podcast Levante-se; Ditamapa; Claudia Andujar; Alex Vallauri; Cinefront; chamada aberta Bienal do Mercosul

Da redação

Publicado em: 28/04/2021

Categoria: Agenda, Destaque

About Academia, de Antoni Muntadas (Foto: Divulgação)

“Por que o nosso tempo, marcado pela profusão e eficiência técnica das imagens, é também o tempo de crise de imaginação? Qual a relação entre a nossa compulsão e obsessão pelas imagens cotidianas e uma sensação de certa letargia, incapacidade de produzir saídas para as inúmeras catástrofes que atravessam o presente? Bem, a história nos ensina que seria ingênuo achar que a culpa é das imagens, malditas por natureza. É mais provável que a resposta esteja no modo como nos relacionamos com elas.”
Pollyana Quintella em Trânsitos entre imagem e imaginação

EXPOSIÇÕES
Antoni Muntadas: About Academia I-II, uma Interpretação Online, 2011-2017 (2021)
O artista espanhol Antoni Muntadas apresenta uma versão on-line de seu projeto de reflexão sobre o papel político da universidade. Realizado em parceria com o Fórum Permanente, o Instituto de Estudos Avançados da USP e a Biblioteca Brasiliana José e Guita Mindlin, About Academia inclui uma videoinstalação adaptada para o digital, publicações em espanhol e português e uma série de debates, com nomes como Néstor García Canclini, Ailton Krenak e Julia Buenaventura, que funcionam como ativações do projeto. Exposição disponível de 30/4 a 31/10 e debates nos dias 30/4 e 10/5. 

Exposição Vera Chaves Barcellos (Foto: DIvulgação)

Inéditos e Reciclados – uma Exposição de Vera Chaves Barcellos
Focada na produção fotográfica da artista, a mostra segue em sua Fundação, em Viamão, Rio Grande do Sul, por tempo indeterminado. Com obras produzidas ao longo de mais de 40 anos, a exposição demonstra os diferentes temas usados por Chaves Barcellos ao longo do tempo, como arquitetura, paisagem e corpo. Visitas mediante agendamento.

The Musical Brain
A coletiva, promovida pela organização sem fins lucrativos High Line, que também é um parque em Manhattan, reúne artistas que

Bass Mass, 2021 (Foto: Timothy Schenck)

usam a música como forma de compreender o mundo. Realizada entre abril de 2021 e março de 2022 por diversas localidades do parque, o projeto tem título inspirado na obra do poeta argentino César Aira. Entre os artistas participantes, estão Vivian Caccuri, Raúl de Nieves, Guillermo Galindo, David Horvitz, Mai-Thu Perret, Naama Tsabar e Antonio Vega Macotela.

Pintura que guarda silêncios (2021), de Sergio Lucena (Foto: Divulgação)

Espelho
Até 12/6, a galeria Simões de Assis de Curitiba apresenta individual com pinturas de Sergio Lucena. As obras, com suaves transições tonais, criam um ambiente atmosférico e têm títulos que remetem a sensações táteis e à passagem da luz, como Pintura Alumiada de Sol (2020) ou O Prazer É um Bom Lugar de Se Estar (2020-2021). A mostra conta com texto crítico da psicanalista Bianca Dias.

Genocídio do Yanomami: A Morte do Brasil

Vista da exposição de Claudia Andujar, na Galeria Vermelho (Foto: Edouard Fraipont)

Até 5/6, a Galeria Vermelho, em São Paulo, apresenta uma individual da fotógrafa Claudia Andujar, conhecida por seu empenho na luta Yanomami. Discutindo temas como genocído e sonhos, a mostra pode ser visitada presencialmente ou por viewing room que conta com depoimentos da artista, vistas da exposição, detalhes das obras e um texto de Marcos Gallon.

Alex Vallauri

Frame do vídeo de Alex Vallauri na 18ª Bienal de São Paulo (Foto: Divulgação)

A Galeria Index, em Brasília, apresenta duas mostras dedicadas ao artista e grafiteiro falecido no fim dos anos 1980. Com curadoria da pesquisadora Fabrícia Jordão, o projeto ocupa o prédio da galeria e o Museu Nacional da República, mas, por conta da pandemia, só está disponível em formato viewing room por tempo indeterminado. As exposições abrangem obras produzidas desde os anos 1970, abordando temas como sexualidade e marginalidade. Disponível até 5/6.

PODCAST

Podcast Levante (Foto: Divulgação)

Levante-se
O programa realizado pela Casa do Povo é uma homenagem a uma importante data para a comunidade judaica: o 78º aniversário do Levante do Gueto de Varsóvia. Três episódios já estão no ar e novos serão lançados até 16/5, acompanhando o desenvolvimento dos acontecimentos históricos. O Levante foi um ato de resistência de judeus e judias confinados no Gueto de Varsóvia durante 28 dias contra soldados nazistas em 1943. Com depoimentos de Airan Milititsky Aguiar, Clarice Lima, Eugênio Lima, Fernanda Montenegro, Hugueta Sendacz, entre outros, o podcast conecta passado e presente em uma reflexão histórica.

Vista da exposição Recado da Mata, de Caio Reisewitz, na Galeria Joan Prats, 2021 (Foto: Divulgação)

DEBATE
Recado da Mata
Como parte de sua individual na Galeria Joan Prats, o artista Caio Reisewitz promove dois debates sobre fotografia, colecionismo e meio ambiente. Em 30/4, às 13h (horário de Brasília), Paula Alzugaray, editora da seLecT, e Orlando Maneschy, professor e curador, discutem o contexto da floresta na arte contemporânea. Em 7/5, Moritz Neumüller, crítico, e Alejandro Castellote, especializado em fotografia, discutem colecionismo de fotografia. Transmitido em português e castelhano. Necessário agendamento em galeria@galeriajoanprats.com.  

ON-LINE

Ditamapas (Foto: Divulgação)

Ditamapa: Lugares da Memória da Ditadura
O novo projeto de Giselle Beiguelman e Andrey Koens é um mapeamento das ruas e avenidas que têm nomes de presidentes da ditadura no Brasil. Comissionado para o projeto Aura Arte Digital, Ditamapa conta com mapas, fotografias e textos e está aberto para colaborações do público, em possibilidade de expansão.

BIenal Mercosul (Foto: Divulgação)

INSCREVA-SE
Chamada Aberta da 13ª Bienal do Mercosul
Até 20/7, a instituição abre um edital que selecionará 20 artistas para participar da exposição Transe, que será realizada em setembro. Aberta para artistas e coletivos de quaisquer lugares do mundo, a chamada prevê acompanhamento curatorial, cachê e equipe de produção do trabalho proposto.

FESTIVAL
Cinefront

Cinefront (Foto: Divulgação)

Em realização até 15/5, o Festival Internacional Amazônida de Cinema de Fronteira discute as questões econômicas, políticas e sociais das comunidades de fronteira. Concebido na cidade de Marabá, o projeto é realizado desde 2015 pela Pró-Reitoria de Extensão da Unifesspa. Além das apresentações de filmes, o festival promove oficinas, debates e homenagens com participantes como Armando Queiroz, Marcone Moreira, Miguel Chicaoka,  Jorge Bodanzky, Melissa Gabriela e Taís Lobo.

Colonización y Decolonización (Foto: DIvulgação)

DEBATE
Colonización y Decolonización de lo Queer en Latinoamérica
A aula inaugural do Programa de Pós-graduação em Artes Visuais da Universidade de Pelotas é realizada pelo professor Héctor Domínguez-Ruvalcaba, da Universidade do Texas. Debate realizado em 30/4, às 16h. Necessário inscrição prévia para o recebimento de certificado.

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.