Agenda do fim do mundo (4 a 11/11)

Celina Portella; Mostra 3M; Ontologias; Wolfram Ullrich; Regina Silveira; Escola Itaú Cultural; Luiz Zerbini; O Real Resiste - Auroras

Da redação

Publicado em: 04/11/2020

Categoria: Agenda, Destaque

Manobras (2020), de Celina Portella (Foto: Divulgação)

“Liberalismo e civismo não têm por que se excluírem. Civismo e responsabilidade são mais um pré-requisito essencial ao bom resultado de uma sociedade liberal. Quanto mais liberal for uma sociedade, mais civismo será necessário. A pandemia nos ensina o que é a solidariedade. A sociedade liberal necessita de um nós forte. Do contrário, se desintegra em uma coleção de egoístas. E aí o vírus deixa tudo muito fácil. Se quiséssemos falar também no Ocidente de um “fator X” que a medicina não pode explicar e que dificulta a propagação do vírus, este não seria outra coisa senão o civismo, a ação conjunta e a responsabilidade com o próximo.”
Byung-Chul Han em Por que a Ásia está melhor que a Europa na pandemia? O segredo está no civismo

EXPOSIÇÕES
Manobras
De 7/11 a 18/12, a artista carioca Celina Portella apresenta uma individual na Zipper Galeria, na qual questiona os limites entre a imagem, o suporte e a performance. Com texto crítico de Paula Alzugaray, editora da seLecT, a exposição reúne procedimentos como queimar e rasgar o papel fotográfico no qual foram impressos registros de performances. Essas ações podem ser tomadas por sua literalidade, mas também em seus sentidos metafóricos e residuais de acontecimentos recentes, como os incêndios em museus e a destruição de ícones religiosos. 

Projeção 3D do projeto Objeto Horizonte, do Coletivo Foi À Feira (Foto: Divulgação)

Mostra 3M de Arte
A exposição, dedicada a trabalhos inéditos selecionados via edital e por convite, acontece este ano, pela primeira vez, no Parque Ibirapuera. Com curadoria de Camila Bechelany, a mostra conta com a participação de artistas e coletivos como Maré de Matos, Camila Sposati, Cinthia Marcelle Rafael RG, entre outros que são reunidos sob o tema Lugar Comum: travessias e coletividades na cidade. De 7/11 e 6/12.

Vista da exposição Ontologias (Foto: Fama Museu)

Ontologias
A Fundação Marcos Amaro inaugura, em 14/11, uma coletiva com os artistas Cabral, Kandro e o próprio Marcos Amaro, na qual discutem relações de suas pinturas e esculturas com a filosofia existencialista. Figuras disformes, duplos e corpos aos pedaços estão entre algumas das imagens produzidas pelos artistas, em sua tentativa de se relacionar com o pensamento e experiência daqueles filósofos. 

Orbit Mars (2017), de Wolfram Ullrich (Foto: Divulgação)

Rigor da Forma, Liberdade da Cor
A individual do artista alemão Wolfram Ullrich na Galeria Raquel Arnaud reúne peças geométricas que tensionam os limites da imagem virtualizada e da escultura, bem como da abstração e da figuração. Aberta até 19/12, a mostra conta com texto da jornalista e escritora Suzana Velasco e é uma das primeiras na qual o artista, habituado aos ângulos retos, apresenta formas elípticas e curvas. 

Regina Silveira no projeto Caixa de Pandora (Foto: Everton Ballardin)

Inusitados
Regina Silveira é a quinta convidada para o programa Caixa de Pandora, da Kura Arte, no qual artistas em atividade realizam intervenções na coleção  Ivani e Jorge Yunes, focada em obras clássicas. O projeto, disponível de 9/11 até 17/12, inclui as conhecidas coberturas com pelúcias sobre mobiliários e também a aplicação de recortes de vinil adesivo, que mostram insetos agigantados na piscina da casa no Jardim Europa.  

Instalação de Luiz Zerbini (Foto: Pat Kilgore)

Campo Expandido
A reabertura do Centro Cultural Oi Futuro é marcada por uma individual do artista Luiz Zerbini, que acontece de 5/11 a 13/12. O projeto inclui pinturas e intervenções que modificam a luz, a arquitetura e a atmosfera do espaço. Passarelas, árvores, areia e filtros luminosos são alguns dos recursos usados por Zerbini para criar o ambiente imersivo, que sugere uma relação entre passado e futuro, expandindo as composições e temas de suas pinturas e monotipias para o espaço tridimensional.

Maré Baixa (2020), de João GG (Foto: Ana Pigosso)

Academia de Anti-Heróis
Em sua primeira individual na Verve Galeria, João GG apresenta uma série de relevos e instalações que discutem a história e as instabilidades do presente. Com texto crítico de Diego Mauro, o projeto transita entre técnicas como o afresco e instalações com filtros de luz e lâmpadas fluorescentes. 

Ensaio de bailarinos do Grupo Esther Weitzman (Foto: Divulgação)

PERFORMANCE
O Real Resiste – Auroras
Em crítica ao processo de desmonte da cultura no Rio de Janeiro, 50 bailarinos irão realizar intervenções em diferentes espaços públicos da cidade entre 6 e 14/11. Essa é a segunda fase do projeto, que já contou com participação de artistas como Carlos Vergara e Arnaldo Antunes. Esta edição conta com curadoria de Esther Weitzman e participação de coreógrafos como Adélia Costa, Ana Lúcia Silva, Mikael David, Fagner Santos e Jefferson Bilisco.Em 7/11, o grupo de Esther Weitzman se apresenta na Cinelândia; no dia 8, o grupo de Jefferson Bilisco estará na  Praça Mauá; em 11, o grupo de Fagner Santos estará na Praça Agripino Grieco; e, no dia 14, o grupo da Ana Lúcia Silva e Mikael David se apresenta na Passarela da Rocinha – São Conrado. Sempre às 19h.

Participantes da programação de novembro do Projeto Afro (Foto: Divulgação)

DEBATE
Programação especial online no Mês da Consciência Negra
Entre 4/11 E 7/12, o Projeto Afro assina a curadoria de uma programação de conversas realizada pelas Oficinas Culturais de São Paulo. As atividades acontecem ao longo de novembro, em celebração ao Mês da Consciência Negra, e continuam no início de dezembro. A programação inclui conversas e debates com artistas e pesquisadores como Hanayrá Negreiros, Guilherme Soares Dias, Leonardo Fabri, Wallesandra Souza Rodrigues e Deri Andrade, idealizador do projeto.

Fachada do Itaú Cultural (Foto: Edouard Fraipont)

CURSO
Escola Itaú Cultural
O Instituto Itaú Cultural lança uma nova plataforma que reúne cursos, palestras, aulas e apresentações nas mais diversas áreas da cultura e suas intersecções. No lançamento do projeto, já estarão disponíveis os cursos Introdução ao Teatro Essencial, com Denise Stoklos; Mediação Cultural Contemporânea; e Entreolhares: Arte e Algoritmo. Como Usar o Processamento Digital na Criação de Poéticas?, com inscrições abertas até o dia 7/11. Já os cursos Constelação das Artes: Histórias da Música e Sonoridades Brasileiras e Constelação das Artes: História do Brasil em 12 ingredientes e 1 dose não necessitam de inscrições prévias.

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.