Agenda do fim do mundo (6 a 13/5)

Fundación Proa, Japan House, Giorgio Agamben, Jerry Saltz, Arte e gentrificação, Juntos e Distantes, Que Dia É Hoje?

Publicado em: 06/05/2020

Categoria: Agenda, Destaque

Detalhe de Untitled (1983), de Liliana Maresca, uma das artistas abordadas nos cursos da Fundação Proa (Foto: Reprodução / Artsy)

“Algumas bienais estão sendo adiadas por até um ano. Outras esperam cumprir seus cronogramas, ao menos em termos de audiência local. E ainda outras estão solicitando novos projetos especificamente para exibição online. A questão subjacente é se o modelo das bienais continuará a fazer sentido no mundo pós-pandemia.”
Siddhartha Mitter em Curadores de Todo O Mundo Imaginam Como Voltar A Nos Reunir Para A Arte

CURSOS
Proa en Zoom
A Fundación Proa, de Buenos Aires, promove cursos online sobre as artistas participantes da exposição Crear Mundos. Entre aquelas que serão analisadas nesses estudos de caso, estão Louise Bourgeois, Mona Hatoum, Shirin Neshat, Liliana Maresca e Ana Mendieta – uma das aulas abordará especialmente artistas argentinas. A ideia da instituição é também revisitar sua história, discutindo exposições anteriores e as obras de seu acervo. As aulas, que acontecem a partir de 8/5, serão ministrados por Sonia Gogoj, Pilar Victorio, Ana Inciarte e Cora Papic, integrantes da equipe de educação da instituição. 

DEPOIMENTO
#juntosdistantes
O Instituto Tomie Ohtake divulga uma série de depoimentos com artistas, curadores e pesquisadores que apresentam seus pontos de vista sobre os encaminhamentos da arte e da sociedade no atual cenário de isolamento social. Nomes como Regina Silveira, Peter Pál Pelbart e Eliane Robert Moraes estão entre os convidados da instituição.

Olhai (2018), de Erica Ferrari (Foto: Reprodução)

DEBATE
Arte e Gentrificação
Erica Ferrari, Luanda Vannuchi e Vivian Mendes discutem como a presença de artistas e espaços de arte em bairros desvalorizados podem alterar seu funcionamento, modificando valores e paisagens. O debate, com mediação de Rodrigo Arruda, acontece terça feira 12/5, às 15h, e é parte da programação do Espaço Breu, que é um importante agente da transformação cultural do bairro da Barra Funda, em São Paulo. 

PODCAST
Que dia é hoje?
Escrito e dirigido por Vinicius Calderoni, o podcast vai ao ar às segundas, quartas e sextas. Ao todo, serão dez episódios interpretados por atores como Marat Descartes, Alexandre Nero, Gabriel Leone e Julia Ianina. Os temas não poderiam ser mais atuais: o isolamento em apartamentos, a comunicação mediada por telas digitais, a política conturbada e outras experiências da quarentena. 

Giorgio Agamben (Foto: Reprodução)

ANÁLISE
A Medicina Como Religião
Traduzido e publicado pela Glac Edições, o texto do filósofo Giorgio Agamben parte de um questionamento sobre a racionalidade moderna, ilustrado por suas dúvidas sobre a história e os métodos da medicina. Muito além de uma possível descrença na ciência, o filósofo indica fissuras no pensamento médico, problematizando a soberania desses métodos, processos e resultados.

Os arredores do Museu Guggenheim no início da quarentena (Foto: Noam Galai/Getty Images)

ANÁLISE
The Last Days of the Art World … and Perhaps the First Days of a New One – Life After the Coronavirus Will Be Very Different
O crítico de arte norte-americano Jerry Saltz apresenta sua visão sobre as transformações dos circuito de arte desde os anos 1970, com suas impressões sobre os impactos do coronavírus na cena atual. Além da crescente dominação do mercado e da profissionalização do meio, Saltz aponta para o aumento da competitividade e o declínio do experimentalismo, colocando em perspectiva o que será desse sistema depois da crise atual. 

Instalação de Tadashi Kawamata na Japan House (Foto: Reprodução)

INSTITUIÇÃO
#JHSPOnline
A Japan House São Paulo apresenta nova programação para suas mídias digitais. Além de introduzir a cultura nipônica tradicional e contemporânea, a instituição também oferece oficinas, postagens sobre filosofia japonesa e conversas com o educativo em torno das exposições em cartaz.

MÚSICA
Vírus
O cantor Vírus, em seu primeiro single, Ameaça, mescla a ostentação dos rappers e gangsters norte-americanos com o cenário das periferias brasileiras e as discussões sobre gênero, raça e violência. Com direção de Baco Exu do Blues e OG Cruz, o clipe realiza uma crítica sobre o modo como as drogas, as armas e o poder perpetuam o machismo e a homofobia no mundo do rap.

Logo da Virada Sustentável (Foto: Reprodução)

INSCREVA-SE
Virada Sustentável 2020
Comemorando dez anos de atividades, o evento que acontecerá no segundo semestre deste ano acaba de estender o período de inscrições até 31/5. O objetivo da Virada é veicular ideias sobre o desenvolvimento sustentável, refletindo também sobre o impacto da pandemia e do isolamento social. O espectro de atividades também foi ampliado nesta edição e incluirá oficinas online, projeções, performances e exposições em espaços públicos que não incitem a aglomeração de pessoas.

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.