Agenda do fim do mundo (8 a 15/4)

Hito Steyerl, Jimson Vilela, Giselle Beiguelman, Guilherme Wisnik, Masp online, cursos no MoMa

Da redação

Publicado em: 08/04/2020

Categoria: Agenda, Destaque

Registro da peça Humano (2019), de Pedro Lacerda, apresentada em agosto passado (Foto: Jonas Araújo)

Durante a quarentena de prevenção e combate ao coronavírus, a seLecT publica semanalmente uma agenda para a cultura do isolamento. A ideia é contribuir para a criação de um novo tipo de espaço público, que funcione como lugar de conexão, pensamento e entretenimento.

EDITAL
Arte Como Respiro: Múltiplos Editais de Emergência
Em fomento à cultura nesse momento de isolamento, o Itaú Cultural promove uma série de editais emergenciais. No primeiro deles, serão selecionados até 120 projetos na área de artes cênicas – circo, dança, teatro –, considerando obras produzidas durante o período da quarentena, que podem ser exibidas ao vivo, e outros espetáculos que já haviam sido gravados anteriormente, desde que o artista proponha uma nova perspectiva para o material. Os selecionados receberão até R$10 mil. Inscrições até 10/4. 

Desenho (2000), de Natali Tubenchlak nas #colecoesafetivas no Instagram do MAC Niteroi (Foto: Reprodução)

DOCUMENTAÇÃO
Coleções Afetivas: Acervo de Arte de uma Cidade
O Museu de Arte Contemporânea de Niterói abriu uma chamada pública para catalogar as “obras de arte” que cada um possui dentro de casa, selecionando fotos e objetos dos moradores da cidade. Após um processo de curadoria, as imagens serão apresentadas nas redes sociais da instituição, como forma de engajar a comunidade e criar documentos da história local. As inscrições são feitas por formulário e seguirão abertas durante a quarentena.

Professores em aula no acervo do MoMa (Foto: Filip/Reprodução)

CURSOS
MoMa
O Museu de Arte Moderna de Nova York está oferecendo cursos gratuitos na plataforma online Coursera. Entre as opções que estão disponíveis, o módulo What Is Contemporary Art permite conhecer mais de 70 obras que integram o acervo do museu, dos anos de 1980 até hoje. Já o curso In The Studio: Postwar Abstract Painting explora obras de artistas como Willem de Kooning, Jackson Pollock e Mark Rothko na coleção. Apesar das aulas serem em inglês, algumas possuem legendas disponíveis em outros idiomas. 

Narrativa (2018), do artista Jimson Vilela (Foto: Cortesia do artista)

LIVROS
Jimson Vilela
Adaptável Ao Espaço Que As Palavras Ocupam (2016) e Narrativa (2018) são dois livros do artista Jimson Vilela que agora estão disponíveis para download gratuito em versão digital. Entre livro de artista e catálogo, as publicações reúnem imagens de obras, intervenções gráficas e textos críticos de Liliane Benetti e Agnaldo Farias. 

Vista parcial da exposição Acervo Em Transformação no Masp (Foto: Reprodução)

ACERVOS
Masp
O Museu de Arte de São Paulo, que já vinha ativando os conteúdos online por meio do registro de palestras e de audioguias que contextualizam as obras da coleção, aproveitou a quarentena para potencializar o uso que faz das redes. Na série inédita Masp [Curadoria] Em Casa, os curadores comentam obras do acervo a partir de uma perspectiva pessoal. Além disso, toda segunda-feira, às 18h, o museu passa a promover lives com pesquisadores da instituição. O primeiro acontece em 13/4 e conta com Adriano Pedrosa, diretor artístico do Masp, e Lilia Schwarcz, curadora adjunta da exposição Histórias das Mulheres.

AO VIVO
Seminário de Cultura e Realidade Contemporânea
A Escola da Cidade retoma seu programa de palestras com artistas, pesquisadores e arquitetos em uma versão online, com lives no Instagram e no Youtube da instituição. No primeiro desses encontros virtuais, realizado em 1/4, a artista e professora da FAU-USP Giselle Beiguelman, em conversa com Guilherme Wisnik, abordou a série Coronavida, publicada semanalmente na seLecT desde o início da quarentena. Confira o registro. 

A fotografia jpeg rl104 (2007), de Thomas Ruff (Foto: Reprodução)

ARTIGO
In Defense of the Poor Image
Em 2009, a artista, pesquisadora e professora Hito Steyerl lançou um artigo no qual discute os usos simultaneamente conservadores e democráticos de imagens em baixa resolução com alta circulação. Mais de uma década após a publicação, neste momento em que a comunicação está dominada pela mediação digital, as reflexões de Steyerl parecem cada vez mais atuais. 

DANÇA
Cia Deborah Colker
Cinco espetáculos estão disponíveis online no site da companhia de dança. São eles: 4 Por 4, Cruel, Tatyana, Belle e Cão Sem Plumas. As peças possibilitam um mergulho na trajetória do grupo, já que a seleção parte de 4×4 – espetáculo de 2012 cuja coreografia se relaciona com obras de artistas como Cildo Meireles, Chelpa Ferro, Victor Arruda e Gringo Cardia – e segue até Cão Sem Plumas, de 2017, produção baseada no poema homônimo de João Cabral de Melo Neto.

Imagem de divulgação do Cine Belas Artes À La Carte (Foto: Reprodução)

CINEMA
Petra Belas Artes à la Carte
Clássicos do cinema desde os anos 1940 estão disponíveis para o público via streaming. Divididos em categorias como Cults Incríveis, Hahaha e Preparem Seus Lenços, os títulos disponíveis aparecem dentro de uma curadoria crítica da produção audiovisual. O acesso é gratuito para quem se inscrever até 15/4. Após esse período, há planos com valores variáveis. 

Imagem de divulgação do projeto Um Conto Por Semana, da editora Carambaia (Foto: Reprodução)

LITERATURA
Um Conto Por Semana
Toda sexta-feira, a Carambaia passa a publicar no Instagram um conto extraído de algum dos títulos da editora. Uma Jaula De Animais Ferozes, de Émile Zola, publicado originalmente em 1867, é o primeiro disponível. O texto faz parte da antologia Contos de Assombro, publicada pela editora em 2018, com dezoito narrativas de autores como Luigi Pirandello e Virginia Woolf.

Flyer da ação A Multidão (Foto: Divulgação)

AÇÃO
A Multidão
De 11 a 12/4
Por 24 horas, performances e ações livres transmitidas pelos stories e feed do Instagram com as hashtags #amultidao #acrowd #ficaemcasa #stayhome, serão catalogadas no projeto A Multidão. A ação parte do conto O Homem Da Multidão, de Edgar Allan Poe, usado como referência para o Grupo de Pesquisa Extremidades, composto por artistas e pesquisadores como Andy Marques, Christine Mello, Fernanda Oliveira, Larissa Macêdo, entre outros.

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.