Agenda do fim do mundo (9 a 16/12)

Realce; Beatriz Milhazes; Amigo secreto; 10 Anos da Galeria Mul.Ti.Plo; Centenário Clarice Lispector; Carmela Gross e Iole de Freitas; Amálgama; pesquisa Dez anos de economia da cultura no Brasil e os impactos da covid-19

Da redação

Publicado em: 08/12/2020

Categoria: Agenda, Destaque

Fazenda de chá no Itacolomi (1958), de Djanira (Foto: Divulgação)

“É possível rejeitar a ode à Inteligência Artificial que se baseia em dados para replicar o status quo e servir à reprodução das relações sociais e políticas contemporâneas no Ocidente, plenamente comprometidas com a ignorância sobre a realidade social, racial e histórica. Ou, mais especificamente, com a epistemologia da ignorância branca.”
Tarcízio Silva em Racismo algorítmico

EXPOSIÇÕES
Realce
Uma nova configuração do acervo do Museu de Arte Moderna do Rio está aberta ao público a partir de 12/12, em uma curadoria de Keyna Eleison e Pablo Lafuente, diretores da instituição. Com cerca de 50 trabalhos – de nomes como Adriana Varejão, Anna Bella Geiger, Cícero Dias, Cildo Meireles, Ivan Serpa, Luiz Zerbini, Lygia Clark, Tunga e Véio –, a mostra reflete o processo de aproximação dos curadores com a coleção, discutindo as relações com a história da arte canônica, o prédio modernista e a paisagem onde está o museu. 

Avenida Paulista (2020), de Beatriz Milhazes (Foto: Vicente de Melo)

Beatriz Milhazes: Avenida Paulista
Realizada por meio de parceria entre o Masp e o Instituto Itaú Cultural, esta é a maior individual da artista carioca jamais realizada, reunindo trabalhos produzidos desde os anos 1990 até o presente. No museu, a exposição conta com curadoria de Adriano Pedrosa e curadoria adjunta de Amanda Carneiro, e estará aberta ao público a partir de 18/12. Já a mostra no instituto, com curadoria de Ivo Mesquita, tem início em 12/12. Ambas se encerram em 30/5/2021. 

Vista da exposição Amigo Secreto (Foto: Divulgação)

Amigo Secreto
A coletiva de encerramento do ano da Galeria Kogan Amaro, em São Paulo, reúne seus 27 artistas em prol de uma causa social: o valor arrecadado com as obras será destinado às instituições Pymp My Carroça e Childhood Brasil. Com nomes como Bruno Miguel, Daniel Lannes, Élle de Bernardini e a dupla Tangerina Bruno – que construiu uma árvore de Natal monumental para a mostra – a exposição segue até 19/12. 

Sem título, de Célia Euvaldo (Foto: Divulgação)

10 Anos da Galeria Mul.Ti.Plo
Célia Euvaldo, Eduardo Sued e Maria-Carmen Perlingeiro são os artistas participantes da exposição de comemoração da galeria carioca, em resgate aos primórdios do projeto. Com texto de Paulo Sérgio Duarte, a mostra segue até 16/1/2021 e aborda problemas como a matéria e os limites da geometria. 

Capa do livro Espaço de Emergência, Espaço de Resistência (Foto: Divulgação)

LANÇAMENTO
Espaço de Emergência, Espaço de Resistência
O livro, dedicado ao projeto artístico-pedagógico de Rubens Gerchman, será lançado no salão nobre da EAV Parque Lage em 12/12, às 15h. A publicação conta com organização de Clara Gerchman, Isabella Rosado Nunes e Sergio Cohn. Precede o lançamento, no dia 9/12, às 15h, debate com Suzana Velasco, Evandro Salles, Claudia Calirman, Isabella Rosado Nunes, Clara Gerchman e Yole Mendonça, com mediação de Ulisses Carrilho. 

Clarice Lispector (Foto: Divulgação)

COMEMORAÇÃO
Centenário Clarice Lispector
Nesta quinta-feira, 10/12, às 16h, via Zoom, as editoras Scortecci, Rocco e a União Brasileira dos Escritores promovem um evento em homenagem ao centenário de Clarice Lispector. A data escolhida para a atividade coincide com os 80 anos de publicação do conto Triunfo na Revista Pan. Entre os participantes, estão Nádia Gotlib, Rogério Duarte e João Scortecci. O código de acesso para o encontro, gratuito, é 725 467 53 53. 

Flyer de divulgação da conversa Luzes da Memória (Foto: Divulgação)

CONVERSA
Carmela Gross e Iole de Freitas
As artistas discorrem sobre suas obras na exposição coletiva Luzes da Memória, no Instituto de Arte Contemporânea. Com mediação de Marilucia Bottallo e Ricardo Resende, curadores da mostra, a conversa será transmitida no dia 9/12, às 19h, no Youtube da instituição. 

Frame de Amálgama (2020), da São Paulo Companhia de Dança em parceria com o MAC USP (Foto: Reprodução)

DANÇA
Amálgama
Na coreografia de Henrique Rodovalho, bailarinos da São Paulo Companhia de Dança ocupam o Museu de Arte Contemporânea da USP, em uma interação com 23 obras do acervo. Ao ser registrado em filme, o projeto estabelece diálogos entre diferentes linguagens, como dança, artes plásticas, arquitetura, cinema e música.    

Imagem de divulgação do Itaú Cultural (Foto: Reprodução)

PESQUISA
Dez anos de Economia da Cultura no Brasil e os Impactos da Covid-19 – Um Relatório a Partir do Painel de Dados do Observatório Itaú Cultural
O relatório analisa as políticas de financiamento da cultura, bem como o perfil dos trabalhadores do campo e os desafios do setor ao longo dos últimos dez anos e durante a pandemia. Coordenada por Andreia Briene, Luciana Modé e Marcos Cuzziol, a pesquisa contou com participação de Ana Letícia Fialho, Daniele Dantas e Olivieri Sociedade de Advogados, entre outros que contribuíram no mapeamento e sistematização de dados sobre as estruturas econômicas e políticas do setor cultural.

Frame de Agripina é Roma-Manhattan, de Hélio Oiticica (Foto: Divulgação)

VÍDEO
Cinemateca MAM
Em diálogo com a mostra em cartaz no museu, a programação de dezembro inclui uma retrospectiva do diretor Alê Abreu e obras de Hélio Oiticica. No canal do Vimeo da instituição, também é possível assistir falas com artistas e curadores, conferir análises de obras e realizar visitas guiadas às exposições.

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.