Arquinterface na Paulista

Luciana Pareja Norbiato

Publicado em: 13/11/2015

Categoria: Da Hora, exposições e bienais

Vista da exposição Homo Kosmos (cough cough) (2020), de Tiago Borges & Yonamine (Foto: Guillaume Vieira)

Exposição com co-curadoria de Giselle Beiguelman, do conselho editorial de seLecT, abre nesta sexta (13/11) na Galeria Digital do Sesi-SP

Unnamed (1)

Legenda: Passantes da Avenida Paulista interagem com #QR-Comms, obra de Beiguelman incluída na mostra

A artista Giselle Beiguelman, do conselho editorial de seLecT, recebe logo mais (sexta, 13/11, a partir das 19h) o público de SP para a abertura da mostra Arquinterface. Ocupando a Galeria de Arte Digital do Sesi-SP, a enorme fachada do prédio localizado na Avenida Paulista, a mostra inclui a obra de Beiguelman, #QR-Comms, uma divertida proposta interativa que permite aos passantes receberem os mandamentos da vida digital por meio da captação via celular dos imensos QR-codes projetados nos leds da fachada.

Além da obra de Giselle Beiguelman, estão incluídos os trabalhos Eu Estou, do artista e designer Guto Requena; Paisagens Fluidas, de Felipe Castellani e Alessandra Bochio; fixos_fluxos, do grupo de pesquisa LabVisual da FAU-SP formado por Daniela Hanns, Leandro Velloso e Maurício Galdieri; SP Aumentada, do arquiteto e sócio do Garagem Fab Lab – laboratório de fabricação digital – Eduardo Lopes; e Arquiteturas Impossíveis, de Maya Messina.

Algumas das obras ficarão em exposição para interação do público na Alameda das Flores, a passagem que liga a Avenida Paulista à Rua São Carlos do Pinhal na calçada oposta ao prédio do Sesi-SP. É lá que Giselle Beiguelman e os artistas recebem o público na abertura da mostra. Corre lá!

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.