Arte sacra futurista

Guilherme Kujawski

Publicado em: 31/01/2014

Categoria: Da Hora, exposições e bienais

Museu de Arte Sacra de São Paulo comemora os 240 anos do Mosteiro da Luz com exposição e uma instalação de Wilson Sukorski

Mosteiro_body

Legenda: Uma das pinturas que faz parte da exposição Mosteiro da Luz: 240 anos (imagem: Divulgação)

No próximo domingo, dia 2, o Museu de Arte Sacra de São Paulo celebra o aniversário do Mosteiro da Imaculada Conceição da Luz com a abertura da exposição Mosteiro da Luz: 240 anos (curadoria de Maria Inês Lopes Coutinho e pesquisa de Dalton Sala). Além de fotos, mapas, pinturas, esculturas, textos e cronologias, a exposição conta com uma instalação audiovisual do multiartista e mago da música eletrônica brasileira, Wilson Sukorski.

Trata-se de um trabalho calcado em mapas, fotos de daguerreótipos e imagens aéreas da cidade, de vários períodos históricos. Sobreposta ao material visual há uma camada de efeitos de áudio, tais como sinos e ruídos metálicos. A julgar pelo apreço de Sukorski por drum’n bass e música techno, espera-se uma espécie de intervenção do futuro sobre o passado, como em seu trabalho de arte acústica para rádio Mozart em Óculos Espelhados, baseado no conto do escritor norte-americano de ficção científica Bruce Sterling.

Serviço:

Abertura: 2 de fevereiro de 2014, domingo, às 10h

Período: 4 de fevereiro a 9 de março de 2014

Local: Avenida Tiradentes, 676 – Luz, São Paulo

Horário: De terça a sexta-feira, das 9h às 17h, sábado e domingo das 10h às 18h

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.