As Cinco Maiores

Curador da Pinacoteca responde a questão da seLecT sobre o paradeiro das quatro mulheres com quem Hilma af Klint formou o grupo As Cinco

Jochen Volz
Retrato de Hilma af Klint (Foto: Cortesia Fundação Hilma af Klint, Albin Dahlstrom, Moderna Museet,

Em 1896, Hilma af Klint e quatro amigas criaram um grupo chamado De Fem, que significa “As cinco”. O grupo era formado por Hilma af Klint, Anna Cassel, Sigrid Hedman, Cornelia Cederborg e Mathilde Nilsson, que foram amigas desde os tempos de estudantes na Academia Real de Artes. Todas elas tinham fortes raízes religiosas no cristianismo. O grupo também é conhecido como “O grupo de sexta-feira”, pois elas se encontravam toda sexta-feira ao longo de dez anos, até 1906. Os encontros eram altamente regrados e registrados em grande detalhe. Elas começavam com uma oração, seguida por uma meditação e, depois, um sermão. Após isso, seguia-se o estudo aprofundado de textos específicos do Novo Testamento. O encontro terminava com uma sessão espírita, na qual elas buscavam contato com seus Altos Líderes de dimensões espirituais. Em estado similar ao transe, o grupo acreditava que podia se comunicar com entidades que denominava como “Altos Mestres” – transcrevendo suas mensagens por meio de escrita e desenhos automáticos. Durante as sessões, os líderes espirituais apresentavam-se, com nomes tais como Gregor, Amaliel, Georg, Ananda e Agnes, entre outros. Eles davam instruções precisas, orientando o grupo que, além de produzir escritos, desenhava imagens que se revelavam em consonância com o conteúdo das mensagens. 

Nos livros de anotações de Hilma af Klint, as amigas são citadas por muito mais tempo. Então, é bem provável que elas tenham continuado a se encontrar até 1908, porém nem sempre todas. Sobre as outras artistas:

Anna Cassel: Hilma af Klint e Anna foram muito amigas até a morte de Anna em 1937. Existem cartas até 1936 entre elas. Anna tinha herdado uma boa fortuna e ela sempre ajudou financeiramente a Hilma. Inclusive Anna comprou uma casa em Furuheim para Hilma, e ajudou com a construção do studio ao lado da casa. Parece que outras amigas também ajudarem no financiamento do studio. Anna sofreu de asma e por isso passou períodos longos em diversos sanatórios na Europa. Ela também havia estudado arte da Royal Academy of Fine Arts – começou um ano antes de Hilma. A princípio, Anna pintava de estilo naturalista, mas também começou a realizar pinturas abstratas. Aparentemente, elas passaram algumas temporadas juntas em Furuheim, trabalhando juntas. Eu mesmo, nunca vi as pinturas abstratas de Anna, mas dizem que são menos interessantes.

Sigrid Hedman: há relatos de que foi uma transmissora muito boa das mensagens vindas dos “Altos Mestres”. Não há indicação de quando ela teria se encontrado com Hilma após 1907. 

Cornelia Cederberg: Foi a primeira a fazer os desenhos automáticos e, aproximadamente, a partir de 1904, Hilma assumiu esta função. Aparentemente, isso criou uma certa tensão entre As Cinco. Não há informação se Cornelia e Hilma mantiverem contato depois. 

Mathilde Nilsson: Casou-se e saiu do grupo.

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.