Atividade neoconcreta nos EUA

Willys de Castro ganha primeira individual com 15 obras em NY, na Luhring Augustine

Luciana Pareja Norbiato
Objeto Ativo (1961), de Willys de Castro (Foto: Divulgação)

Mais um neoconcreto chega a Nova York, mais especificamente à renomada Luhring Augustine. O mineiro Willys de Castro ganha individual na galeria graças à parceria de duas casas brasileiras, Almeida & Dale e Galeria Marilia Razuk.

São 15 obras da primeira fase da produção do artista, incluindo os Objetos Ativos, sólidos geométricos com intervenções a cores que, dipostos em posição perpendicular à parede, criam um ruído contra o plano, trazendo em si qualidade escultórica, premissa bastante explorada por nomes do movimento, como Lygia Clark e Hélio Oiticica.

Essa tridimensionalidade obriga o espectador a se mover em torno da pintura, colocando-o num papel ativo, mesmo que não manipule a obra, outra das características que marcaram o neoconcretismo. Como se vê, concretismo e neoconcretismo seguem em alta na terra do Tio Sam.

Serviço
Willys de Castro
Galeria Luhring Augustine
531 West 24th Street, Nova York, Estados Unidos
Até 11/3
www.luhringaugustine.com

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.