Blau Projects lança edital para jovens curadores

O C.LAB recebe inscrições para terceira edição até 31/3

Publicado em: 11/02/2016

Categoria: Agenda, Avisos

Até 31/3, jovens curadores de toda a América Latina podem se inscrever no #03 C.LAB Mercosul. O edital, realizado pela galeria Blau Projects, está em sua terceira edição e visa incentivar a reflexão e o debate sobre a arte contemporânea latino-americana por meio do estímulo a artistas e curadores em início de carreira, com aporte financeiro para elaboração de exposições na galeria e programa de residência artística internacional.

A iniciativa independente tem o objetivo de promover conexões entre artistas brasileiros e de outras nacionalidades, garantindo apoio financeiro de R$ 15 mil para cada projeto coletivo a ser exposto no espaço da galeria. Serão selecionados dois projetos, com no mínimo três e no máximo seis artistas. Além deles, uma nova modalidade oferece bolsa para residência de até 60 dias no Proyecto PAC: Prácticas Artísticas Contemporáneas, em Buenos Aires.

Uma comissão de avaliação composta por três profissionais das artes visuais selecionará dois projetos curatoriais para exposições a serem realizadas entre 1º de junho e 1º de agosto de 2016 e entre 1º de dezembro de 2016 e 1º de março de 2017, respectivamente. Os critérios de seleção incluem relevância no panorama da produção artística contemporânea, conexões e intercâmbios entre artistas que vivem e/ou trabalham na América Latina, objetividade, viabilidade, originalidade e ineditismo.

A íntegra do edital pode ser acessada no site, onde o resultado será divulgado até 30/4.

Tags: , , , ,

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.