Calder em profusão

A Galería Elvira González chamou a atenção do ator Dan Stulbach e da artista colombiana Adriana Duque na SP-Arte pela quantidade de trabalhos do norte-americano

Luciana Pareja Norbiato

Publicado em: 07/04/2014

Categoria: Da Hora, Mercado de Arte

Que todo mundo adora Alexander Calder e suas esculturas articuladas, os famosos móbiles, é ponto pacífico. Mas o que chamou a atenção do ator Dan Stulbach e da artista colombiana Adriana Duque foi a quantidade de trabalhos do norte-americano presente em um só ambiente, a madrilenha Galería Elvira González. São quatro móbiles de tamanhos variáveis e duas esculturas.

Dan_calder

“Nunca havia visto tantos trabalhos do Calder num único espaço, é muito bonito”, declarou Adriana. Stulbach, habitué da feira e interessado em arte, elegeu entre as obras que gostaria de adquirir um dos quatro móbiles presentes no stand da galeria (G07). “Venho todo ano à SP-Arte, gosto muito. Não chego a ser um colecionador, mas compro quando algo me interessa”, disse.

Outra obra que captou o olhar do ator foi Notas Públicas I, da Série Lembretes (2010), presente no stand da pequena galeria carioca Portas Vilaseca (B11). Isso porque a fotografia de uma cena urbana foi impressa em post-its afixados no suporte. A autoria é de Íris Helena.

*Fotos Luciana Pareja Norbiato

Tags: , ,

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.