Calouro da ArtRio 2016

Exposição fotográfica da ABACT estreia na feira carioca com artistas como Alexandre Sequeira e Marcelo Tinoco

Ana Abril

Publicado em: 26/09/2016

Categoria: Da Hora, Destaque, Mercado de Arte, Notícias Quentes

Eterno (2016), de Emídio Contente, é uma das fotografias do stand da ABACT (Fotos: Divulgação)

A ArtRio 2016 traz uma série de novidades, como a área recém modernizada do Pier Mauá e novas galerias participantes. Entre as surpresas deste ano, destaca-se a estreia do stand da ABACT – Associação Brasileira de Arte Contemporânea. O expositor da Associação formada por 46 galerias de arte do mercado primário dedica-se exclusivamente à fotografia.

Visando os investimentos na arte da imagem estática, a ABACT expõe 23 imagens de artistas pertencentes às galerias associadas. O preço de cada imagem oscila entre os R$ 4 e 8 mil reais, dependendo da tiragem, que será de no máximo dez exemplares por foto.

  • Quando Aqui Chegamos, Havia na Grande Extensão Deserta Apenas o Silêncio e o Mistério da Natureza Inviolada é o nome do trabalho de Clarissa Tossin
  • Marcelo Tinoco e seu Universo Paralelo (2016) também está em exposição no stand da ABACT
  • Elisa Bracher, representada pela galeria Mercedes Viegas, apresenta Esquemas IV
  • A Condensação da Montanha, de Leticia Ramos
  • Fotografia de Lucia Mindlin Loeb intitulada Guararema (1996)
  • Rodrigo Braga mostra sua fotografia naturalista Sem Título

A Luciana Caravello Arte Contemporânea, a Zipper Galeria e a Galeria Lume são algumas das galerias representadas por artistas como Alexandre Sequeira, Marcelo Tinoco e Alberto Ferreira, respectivamente. Com seleção e coordenação artística de Felipe Hegg e Isabel Amado, todas as obras, que também estiveram expostas na SP-Arte/Foto 2016, poderão ser apreciadas e compradas entre 29/9 e 2/10.

Com o intuito de estimular o investimento de capital estrangeiro em obras de arte, a ABACT, em parceria com a Apex-Brasil – Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, promovem a visitação à ArtRio de uma dezena de colecionadores e profissionais do mercado da arte alemã e chinesa. Com isso, a iniciativa, denominada como Projeto Latitude, prevê que euros e yuans sejam aplicados no mercado de arte brasileiro. Além disso, os investidores também terão a oportunidade de conhecer a 32ª Bienal Internacional de São Paulo.

Tags: , , , , , ,

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.