Camisa Educação do Prêmio seLecT

Um dos seis finalistas do 2º Prêmio seLecT de Arte e Educação poderá participar do projeto Camisa Educação da A Gentil Carioca

Publicado em: 03/08/2018

Categoria: Arte e Educação, Da Hora, Destaque

Arara com diferentes edições da Camisa Educação (Fotos: Cortesia A Gentil Carioca)

Nos dias 11 e 12 de setembro acontece o Seminário da nova edição do Prêmio seLecT de Arte e Educação no CCBB de Brasília. Ao longo dos dois dias, os finalistas das categorias Artista e Formador apresentarão ao público e ao júri seus projetos, concorrendo a prêmios de R$ 20 mil. A partir de uma parceria com a galeria A Gentil Carioca, um desses seis finalistas também será convidado a participar do projeto Camisa Educação.

O Camisa Educação acontece desde 2005. A cada nova exposição da A Gentil Carioca, um artista é convidado a criar uma camiseta que inclua a palavra Educação. Já foram realizadas 79 edições do projeto, que envolveu artistas como Ana Tavares, Arjan Martins, Barrão, Cabelo, Cinthia Marcelle, Ernesto Neto, Laura Belém e Laura Lima.

No dia da premiação dos vencedores do 2º Prêmio seLecT, todos os finalistas e membros do júri ganharão camisetas produzidas por outros artistas. Um finalista será selecionado para poder participar do projeto e criar uma nova edição da camiseta, que será produzida pela A Gentil Carioca e lançada no Abre Alas 2019, exposição de novos artistas da galeria.

  • Camisa Educação nº 79, produzida por Edu de Barros
  • Camisa Educação nº 58, produzida por Bloco Vade Retro Abacaxi
  • Camisa Educação nº 77, produzida por Cabelo
  • Camisa Educação nº 78, produzida por María Sabato

Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.