CCBB recebe exposição de Nuno Ramos

Intitulada O Direito à Preguiça, mostra em Belo Horizonte apresenta oito trabalhos inéditos do artista

Publicado em: 26/04/2016

Categoria: Agenda

Nuno Ramos - O direito à Preguiça (Foto: Daniel Mansur)

O Centro Cultural Banco do Brasil de Belo Horizonte inaugura, no dia 27 de abril, a exposição O Direito à Preguiça, do artista Nuno Ramos. Ao andar pelo pátio e salas do CCBB em Belo Horizonte, o público vai se surpreender com elementos que emitem movimentos e sons, como sambas de Carmem Miranda e Nelson Cavaquinho e instalações que fazem a decomposição de jornais, produzindo até cachaça.

“Eu quis fazer aqui por causa desse pátio, que eu acho lindo. Meu anzol foi esse”, conta Nuno Ramos, encantado com o espaço do Instituto em BH.

Embora o anzol seja o encantamento com o lugar, a inspiração veio da obra que deu nome à exposição: O Direito à Preguiça se baseia no texto do genro de Marx, Paul Lafargue. Trata-se de uma publicação que questiona a visão do trabalho como algo dignificante e benéfico, já que os operários de Paris tinham naquela época (1880) jornadas de trabalho que superavam 12 horas diárias, por vezes estendendo-se até 17 horas. Lafargue discute o pecado capital e o ócio como direito.

A instalação O Direito à Preguiça, que ocupará parte do pátio do CCBB, traz um órgão-andaime, ou seja, um andaime que toca como um órgão, chegando a quase 15 metros de altura. Alguns de seus tubos (entre 20 e 30) serão substituídos por tubos de órgão. Um compressor mandará ar ao longo do andaime, até encontrar os tubos adequados, fazendo com que toquem o Samba de uma nota só, de Tom Jobim e Vinicius de Moraes. Um software computacional foi desenvolvido especialmente para essa instalação, de forma a manter a música em loop.

“Essa exposição tem um quê de protesto, é mais irritada. Há uma irradiação da ideia do “O Direito à Preguiça” para os outros momentos da exposição. Está tudo interligado”, diz Nuno, referindo-se às outras obras que compõem a mostra.

Serviço
Centro Cultural Banco do Brasil Belo Horizonte
Praça da Liberdade, 450, Funcionários, Belo Horizonte
De 27 de abril a 27 de junho
De quarta a segunda-feira, das 9h às 21h
Tel.: (31) 3431 9400

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.