Christine Macel é eleita curadora da 57ª Bienal de Veneza

Francesa foi Chefe de Curadoria do Centre Pompidou e já havia sido curadora dos pavilhões da França e da Bélgica na Bienal italiana

Publicado em: 26/01/2016

Categoria: Da Hora, Notícias Quentes

Tags: , ,

O conselho da Bienal de Veneza se encontrou na última sexta-feira (22) e, seguindo a sugestão do presidente da instituição Paolo Baratta, escolheu Christine Macel como Diretora do Setor de Artes Visuais. A francesa será responsável pela curadoria da 57ª Bienal de Veneza, prevista para 2017.

Em 1995, Macel foi curadora de patrimônio e inspetora de criação artística no Délégation aux Arts Plastiques, parte do Ministério da Cultura da França, e, em 2000, foi Chefe de Curadoria do Musée national d’art moderne – Centre Pompidou. No museu parisiense, foi responsável pelo Departamento de Création contemporaine et prospective, espaço que fundou e desenvolveu.

Macel já havia sido curadora do Pavilhão da França na Bienal de 2013 e do Pavilhão da Bélgica na Bienal de 2007. Na ocasião da escolha da curadora, o presidente Paolo Baratta declarou que: “Na sequência de uma Bienal dirigida por Okwui Enwezor, centrada no tema das cisões e divisões que permeiam o mundo, e consciente de que atualmente estamos vivendo em uma época de ansiedade, a Bienal de Veneza selecionou Christine Macel como curadora, comprometida em enfatizar o importante papel que artistas desempenham ao inventar seus próprios universos, injetando vitalidade no mundo em que vivemos”.

O conselho também decidiu as datas da exposição italiana: de 13 de maio a 26 de novembro.

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.