Cineclube397 | Teen Angst – Tudo Sobre Lily Chou-Chou

O Ateliê397 apresenta sua nova programação para a mostra do Cineclube397

Publicado em: 21/06/2016

Categoria: Agenda

Convite Cineclube397 (Foto: Reprodução)

O Cineclube397 é um projeto voltado ao cinema contemporâneo. Concebido pela critica de cinema e curadora audiovisual Sofía Machain, o projeto traz a cada edição ciclos curatoriais temáticos pensados na circulação de produções pouco vistas e no resgate da coletividade suprimida pelas salas de cinema comerciais. O programa prevê ainda para o segundo semestre sessões dedicadas ao público infantil.

Teen Angst aborda a figura do adolescente no cinema que tem sido representada inúmeras vezes, de diferentes perspectivas. Longe estão as questões representadas por John Huges, nos anos 80 e 90: aquele coming of age mais adociado, que reflete um adolescente meramente preocupado com a festa de conclusão dos estudos ou a chegada do primeiro amor. O presente do teen movie desenha o horizonte do momento contemporâneo que vivemos hoje, afastando-se do passado e com uma visão turva para o futuro.

A adolescência é selvagem, animal, violenta, e se mostra amplamente conectada a dispositivos e aparatos que funcionam como espelho. Mais egocêntrica do que nunca, a juventude não quer fazer parte de nada ou ninguém e carrega consigo a inocência, a fúria, o erotismo e o sentido de justiça e sobrevivência.

Confira a programação completa no site do Ateliê397.

No dia 22/7 será exibido o longa-metragem Tudo Sobre Lily Chou-Chou, de Shunji Iwai.

Serviço
Atelie397 – Filme Tudo Sobre Lily Chou-Chou (diretor: Shunji Iwai, 2015)
Rua Wisard, 397, Vila Madalena, São Paulo
Dia 22/6
Quarta-feira, às 19h
Tel.: (11) 3034 2132

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.