Cinema experimental por elas

Francesca Azzi

Publicado em: 08/03/2012

Categoria: Selects, Vídeo

Uma seleção com 10 artistas contemporâneas que fazem do video uma arte

Ainda são poucas mulheres que se aventuram na tarefa pesada da direção em cinema. Elas estão chegando lá! O universo do cinema experimental vinculado às artes conceituais também tem poucas mulheres, mas significativamente bem mais do que no cinema independente ou comercial.

O canal UBUWEB, dedicado principalmente a exibir trabalhos das vanguardas históricas ( mas para além disso, filmes seminais do campo do filme & vídeo-arte), percebeu esta pequena falha, a falta delas! Pediu então a Jennifer Higgie, escritora e co-editora da revista inglesa Frieze que montasse uma curadoria só com mulheres.

Ela apresentou dez artistas contemporâneas, cujos trabalhos ainda estão online no canal. Para cada artista, há uma pequena bio e os links para alguns trabalhos. 

Confira abaixo os vídeos selecionados para a seLeCt.

Juliette Blightman

Destaque para olhar observador em 16mm, num único plano. Clique na imagem e assista: 

As a Period in Which Nothing happens (2007)

Juliette_blightman

Beatrice Gibson
 

O diálogo entre música e certo experimentalismo sci-fi: 

A Necessary Music (2009)

Beatrice_gibson

Imogen Stidworthy

Reaprender a dizer: eu odeio, na construção de novos sentidos na instalação de

I Hate (2007)

Imogen_stidworthy

Annika Ström

O cinema serve ao olhar doméstico? Porque não? Intimidar. Annika filma sua mãe em

Sunshine Head (2010)

Sunshine_head

Fiona Tan

As imagens de arquivo na busca do outro olhar, a história que não se completa

News from the near future (2003)

Fiona_tan

E a lista não para por aqui:

Jennifer Bornstein

What It Was (2000)

Bornstein

Bonnie Camplin

Colonial Fanny (2005)

Camplin

Spartacus Chetwynd 

The Call of the Wild (2007)

Spartacus

Aleksandra Mir 

First Woman in the Moon (1999)

Alek_mir

Frances Stark 

[THIS IS NOT EXACTLY A CAT VIDEO]

Frances_stark

Saiba mais: 

10 mulheres que usam filme, por Jennifer Bornstein

Francesca Azzi é coordenadora e curadora do Fluxus. Jornalista e mestre em comunicação e semiótica pela Pontifícia Universidade Católica (PUC/SP), é sócia da produtora cultural Zeta Filmes, com sede em Belo Horizonte.

Leia mais no nosso Especial do Dia Internacional da Mulher

Mulheres na História do Rock

A Chave para a Liberdade

Ser jovem é ser belo?

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.