Criticar é frutífero

Anna Muylaert é uma das convidadas brasileiras para fazer parte da Academia, após críticas sobre a falta de diversidade no Oscar

Ana Abril

Publicado em: 04/07/2016

Categoria: Da Hora, Notícias Quentes

Tags: , , , , ,

Nominados ao Oscar 2016 (Foto: Reprodução)

Quando o principal tema do Oscar deixa de ser os looks que circulam pelo tapete vermelho para se discutir a diversidade na sétima arte, é preciso tomar uma providência. Dito e feito: a Academia anunciou que convidou 683 artistas para integrar seu seleto grupo, sendo que entre os novatos 46% são mulheres e 41% não-brancos.

Apesar de muito bem-vinda, a mudança não é suficiente para modificar o perfil masculino (73%) e branco (89%) da Academia.

A presença brasileira foi marcada com o convite de 10 importantes nomes do cinema nacional, a maioria deles homens e todos brancos. Lula Carvalho, Anna Muylaert, Pedro Kos, Affonso Gonçalves, Antonio Pinto, Marcelo Zarvos, Rodrigo Abreu Teixeira, Alê Abreu, Renato Dos Anjos, Vera Blasi fazem parte dos 283 convidados internacionais do Oscar.

Já entre as estrelas de Hollywood, destaca-se a incorporação da ativista feminista Emma Watson e de John Boyega que interpreta Finn, no último filme de Star Wars. Sem dúvida, o hastag #OscarSoWhite, que viralizou na passada edição do mais conhecido prêmio cinematográfico, não foi em vão. Criticar é frutífero, bora continuar.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.