Novos cursos na Casa França-Brasil

Em julho, o programa Táticas de Produção aborda temas como montagem de exposições, iluminação e fotografia, mediação, identidade e comunicação visual nas artes

Publicado em: 04/07/2016

Categoria: Agenda, Cursos

Casa França-Brasil (Foto: Reprodução)

A Casa FrançaBrasil promove, durante todo o mês de julho, o programa Táticas de Produção. Serão oferecidos cinco cursos, com carga horária de 20 horas cada, que vão apresentar e discutir a diversidade de atividades profissionais que cercam o universo da produção em artes. As inscrições estão abertas através do site oficial e há descontos para estudantes, professores, funcionários da Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro e funcionários de instituições culturais.

De 5 a 28 de julho, o curso Montagem de Exposições parte de uma introdução teórica das regras institucionais de museologia, acessibilidade e montagem para propiciar um laboratório de desenvolvimento de exercícios espaciais para montagem de exposições. O programa é ministrado por Victor Monteiro, mestrando curso de Processos Artísticos Contemporâneos pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro e bacharel em Artes Plásticas pela Universidade Federal do Espírito Santo. O artista desenvolve trabalhos em mídias diversas e tem ampla experiência com montagem de exposições nas principais instituições como Museu de Arte do Rio – MAR e Escola de Artes Visuais do Parque Lage.

No mesmo período, o programa A Luz nas Artes parte de aulas expositivas e práticas para promover a compreensão básica da iluminação no campo das artes: iluminação de obras de arte e exposições, iluminação cênica do teatro, do cinema e de shows e espetáculos. A partir de visitas à exposições, experimentação e produção de dispositivos de luz e aulas teóricas, serão apresentados e discutidos conhecimentos da história da iluminação, as variadas fontes de luz, e diferentes tipos de materiais utilizados nos projetos de iluminação. O curso é ministrado por Emerson Magalhães, fundador da empresa de projetos luminotécnicos Art & Luz e professor do curso de “Iluminação para Arte” da Escola de Artes Visuais do Parque Lage.

Já de 6 a 29 de julho, o responsável pela reprodução fotográfica do acervo do Museu de Arte do Rio, Thales Leite, ministra o curso Fotografia para Arte. A partir de aulas teóricas, experiências práticas e análise de trabalhos já realizados, o curso visa refletir sobre o papel do fotógrafo nos registros de artes. Thales Leite é graduado em Cinema pela Universidade Federal Fluminense e realiza trabalhos como fotógrafo para artistas visuais, editoras, galerias e instituições, como Instituto Moreira Salles, Carnegie Museum of Art, Museu do Amanhã, Festival Internacional de Linguagem Eletronica, Oi Futuro e Casa FrançaBrasil.

O curso Tópicos em Mediação, também de 6 a 29 de julho, parte de leituras e dinâmicas para estabelecer um espaço de discussão e pesquisa sobre tópicos relevantes para a atividade de mediação em museus e centros culturais. Cristina de Pádula é graduada em Filosofia, Mestre e doutoranda em Linguagens Artísticas pela UFRJ. Tania Queiroz é graduada em Arquitetura e Urbanismo, professora de Artes e Sociologia da Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro, e coordenadora da Casa França Brasil.

Design e Arte Contemporânea: Identidade e Comunicação Visual é o curso que vai apresentar aos participantes a linguagem do design gráfico nas exposições de arte contemporânea, de 6 a 29 de julho. O professor é o artista plástico e designer formado pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fernando Leite, diretor de arte da Verbo Arte Design, ateliê de artes gráficas especializado em publicações e exposições de arte contemporânea.

Serviço
Programa Táticas de Produção
Casa França-Brasil
Rua Visconde de Itaboraí, 78, Centro, Rio de Janeiro
Tel.: (21) 2332 5120
Pré Matrícula e informações

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.