Da sala de aula às páginas da seLecT

Um dos participantes da Oficina de Crítica e Escrita sobre Arte, ministrada por Maia Rosa, terá seu texto publicado na revista seLecT

Da redação
Edições 31, 32 e 33 da revista seLecT

Imagine realizar um curso de crítica de arte e ter seu texto publicado na edição de Inverno da seLecT. Isso será possível para o participante da Oficina de Crítica e Escrita sobre Arte que será selecionado pela equipe de redação da seLecT. A oficina, ministrada pelo crítico de arte, pesquisador e dramaturgo Rafael Vogt Maia Rosa, terá início em 23/3 e faz parte de uma série de cursos lançados pela Casa seLecT, um espaço de formação prática e teórica sobre temas que atravessam o campo expandido das artes visuais e da cultura.

“O curso vai valorizar o aspecto investigativo envolvido na crítica de arte, suas proximidades com o jornalismo e com a ficção, e levar em conta que a escrita se tornou uma componente essencial na realização de importantes obras contemporâneas a serem abordadas nos encontros”, explica Maia Rosa. Exercícios de escrita, leitura de texto e de obras de arte compõem a programação, que está dividida em quatro encontros de duas horas e meia. Dessa forma, os participantes poderão se aproximar da reflexão e da apreciação da arte e criar, a partir da dimensão pessoal, um texto apto para publicação.

Durante o curso, haverá um primeiro contato com as obras, depois uma análise das mesmas, leituras de textos relacionados e, por último, a publicação da crítica. O investimento do curso é de R$ 400 e as inscrições são realizadas pelo e-mail casaselect423@gmail.com.

Serviço
Oficina de Crítica e Escrita sobre Arte
Casa seLecT
Rua Itaquera, 423 – São Paulo
Início em 23 de março
Horários: Quinta-feira, das 20h às 22h30
Carga horária: 10 horas (4 encontros em 23/3, 30/3, 6/4 e 13/4)
Investimento: R$ 400,00
Inscrições: e-mail casaselect423@gmail.com
*Curso prático de até 15 alunos

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.