Desenhe o seu cartaz pro Festival Cultura Digital.br

Mariel Zasso

Publicado em: 08/11/2011

Categoria: Da Hora, se linka

O Festival Internacional Cultura Digital.br convida para criação colaborativa de cartazes. E não precisa ser designer para participar!

Cultura_digital

Olha só que bacana! O Festival Internacional Cultura Digital.br está convidando os interessados a enviarem sua ideia de cartaz de divulgação. A criação é completamente livre: “Não há regras que restrinjam qualquer tipo de expressão artística”, diz a convocatória. 

E você não precisa ser designer para participar. Basta seguir o manual de aplicação da identidade visual do festival e desenvolver os cartazes livremente com qualquer técnica, grafica, manual ou artesanalmente. A proposta para a identidade visual se baseia nos conceitos de diversidade cultural, transparência de informações, remix e colaboração, presentes em praticamente todas as discussões atuais acerca do assunto cultura digital e escolhidos como tema para a criação colaborativa dos cartazes.

Ao fim da ação, 10 cartazes serão selecionados para serem impressos, e se o seu for escolhido, poderá ser visto pelas ruas dos Rio de Janeiro.

Mas se não for para as ruas, estará na rede. Todas as artes enviadas serão utilizadas como parte da identidade visual do Festival e todos os artistas receberão créditos no material de divulgação. Os cartazes enviados receberão a licença Creative commons BY-SA 3.0, que permite distribuição livre e livre adaptação, para permitir eventuais remixes.

Saiba mais: Festival Internacional Cultura Digital.br.

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.