Destaques da Art Basel Miami Beach

O que as principais galerias brasileiras prepararam para a grande feira internacional?

Luana Fortes

Publicado em: 05/12/2017

Categoria: Da Hora, Destaque, Notícias Quentes

Cinco Comentários Ternos sobre o Japão ou Obrigado Japão! (1965), de Wesley Duke Lee, é um dos trabalhos apresentados pela Galeria Ricardo Camargo, em parceria com a Galeria Almeida e Dale (Fotos: Divulgação)

Desde 1970, quando foi fundada, a feira internacional Art Basel movimenta o circuito global de artes, ocupando desde a cidade suíça que a nomeia, até Hong Kong e Miami Beach, onde aterrisa agora em sua 16ª edição, entre 7 e 10/12. Mas com 268 galerias representando 32 países, qual o time brasileiro? Participando dos diversos setores da feira, 20 espaços do Brasil marcam presença.

Um dos destaques nacionais é Wesley Duke Lee, apresentado pela Ricardo Camargo Galeria em parceria com a Almeida e Dale. São exibidos nove trabalhos do artista, reconhecido por sua participação no movimento da Nova Figuração no Brasil, além de um espaço ambientado com seus pertences pessoais. A exibição faz parte do setor Survey da feira, dedicado a produções anteriores ao ano 2000.

  • Detalhe de projeto de Nuno Ramos, apresentado pela Anita Schwartz Galeria de Arte
  • Obra Sem Título de Sérvulo Esmeraldo, apresentada pela Galeria Raquel Arnaud
  • Instalação interativa Reflections on the Horizon, de Frida Baranek, também exibida pela Galeria Raquel Arnaud

Ademais, a Galeria Anita Schwartz leva a Miami um projeto inédito de Nuno Ramos realizado em homenagem ao artista espanhol Francisco Goya. Intitulada y Lucientes, a instalação do brasileiro é composta por 80 impressões de gravuras de Goya submetidas a interferências de fumaça e fuligem.

A Galeria Raquel Arnaud, por sua vez, participa com obras de Sérvulo Esmeraldo – também no setor Survey – além de exibir o trabalho site-specific de Frida Baranek, Reflections on the Horizon. A obra de Baranek é exposta em Public, setor da feira que leva esculturas e instalações de larga escala ao Collins Park, com curadoria de Philipp Kaiser.

Ainda quer saber mais? Confira o que outras galerias brasileiras apresentam:

  • Anna Maria Maiolino ganha destaque no estande da Galeria Luisa Strina, apresentando diversos trabalhos, como a fotografia Sem Título (1981), da série Vida Afora - Fotopoemação (Foto: Henri Virgil Stahl)
  • Entre os trabalhos exibidos pela Galeria Fortes D'Aloia & Gabriel está Recebo o Seu Amor Enquanto Você Recebe o Meu (2017), de Ernesto Neto (Foto: Eduardo Ortega, Fortes D'Aloia & Gabriel)
  • No estande da Galeria Millan, pode-se encontrar a obra Monitor Crayon, realizada por José Damasceno com giz de cera derretido em 2015
  • Galeria Leme dedica parte de seu estande a obras de Sandra Gamarra, como Degradé (2017)
Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.