Documentário busca desvendar flutuações do mercado da arte

The Price of Everything, dirigido por Nathaniel Kahn, traz depoimentos de artistas, colecionadores e negociantes de arte

Da redação
Jeff Koons diante de uma de suas pinturas Gazing Ball, no documentário The Price of Everything (Foto: Reprodução, cortesia HBO Documentary Films)

No portal americano Hyperallergic, o crítico Dan Schindel escreve sobre o documentário The Price of Everything, dirigido por Nathaniel Kahn e lançado em 19/1 no Sundance Film FestivalO filme traz olhares de diferentes personalidades sobre o mercado da arte, na tentativa de desvendar porque preços de obras flutuam tanto.

Entre as pessoas entrevistadas estão artistas como Jeff Koons, Larry Poons e Gerhard Richter. Para Schindel, no entanto, é nos depoimentos de colecionadores e negociantes de arte que o documentário se aproxima mais dos mecanismos comerciais de mercado. O crítico acredita que eles são bastante cândidos e revelam a frieza por trás de suas operações. Beleza, talento e inovação são fatores absolutamente marginais. Ao fim do texto, conclui-se que o filme não esclarece completamente as tendências do mercado da arte, mas é com certeza uma ótima espiada sobre como os jogadores desse universo operam.

Para ler a crítica completa, acesse!

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.