Economia em tempos de crise

Para viabilizar a produção durante a quarentena, instituições e artistas buscam alternativas em editais e financiamentos coletivos

Da redação

Publicado em: 16/04/2020

Categoria: Da Hora, Destaque, Mercado de Arte, Notícias Quentes, Reportagem

Pé de meia (2020) é o trabalho-surpresa de Débora Bolsoni para o Projeto Quarantine (Foto: Reprodução)

Buscando reestruturar a dinâmica econômica das artes visuais durante o período de isolamento social, as instituições culturais, os espaços independentes de arte e os próprios artistas promovem alternativas que vão de vendas coletivas a editais e premiações, como forma de fomento à produção artística. Conheça algumas iniciativas em andamento e participe:

Projeto Quarantine
As artistas Lais Myrrha e Marilá Dardot, ao lado da curadora Cristiana Tejo e da galerista Juliana Morelli, idealizaram um projeto de levantamento de fundos a partir da formação de redes. O Quarantine atua como uma espécie de cooperativa, já que todos os trabalhos são vendidos pelo mesmo preço (R$ 5 mil) e os lucros serão igualmente divididos por todos os participantes, entre eles João Loureiro, Débora Bolsoni, Sara Ramo, Paulo Bruscky, entre outros. As obras – entre peças sonoras, instruções, gravuras digitais etc. – foram produzidas com os materiais e instrumentos disponíveis na casa de cada artista, de forma a poder circular digitalmente. Parte das vendas será destinada à Casa Chamaassociação cultural que promove o cuidado, a pesquisa e o debate de pessoas transvestigêneres e LGBTQIAP+. Para assegurar a vida dessa população durante o isolamento, a própria Casa criou uma campanha de arrecadação que visa manter seus participantes nesse período. 

Para Nossos Vizinhos de Sonhos
De forma experimental e colaborativa, o Solar dos Abacaxis criou um fundo emergencial para artistas e criadorxs. O título é inspirado na obra de Leonilson, Para Meu Vizinho de Sonhos (1991), buscando trazer ao projeto as qualidades de intimidade, cuidado e alteridade, iminentes à obra do artista. A curadoria convidou artistas parceiros da instituição a criarem “prefigurações de um mundo melhor” e a convidarem novos criadores, de modo a formar “uma corrente de elaborações poéticas”. As contribuições angariadas de seguidores, frequentadores e doadores do Solar, serão convertidas em microprêmios, buscando colaborar com o sustento dos artistas. 

Proteja o Ateliê 397
O Ateliê, que funciona de forma independente há 16 anos, sempre teve como fonte de renda a realização de cursos e a sublocação de espaços para ateliês de artistas. Com a suspensão das atividades presenciais, o espaço lança a campanha Proteja o Ateliê, buscando doações diretas de parceiros e pessoas que acreditam em sua proposta, a fim de poder dar continuidade para suas atividades no futuro imediato. 

Arte como Respiro
Por meio do projeto Arte como Respiro, O Itaú Cultural está lançando editais emergenciais para contemplar diversas áreas da cultura. Até o momento, foram contempladas as áreas de artes cênicas e de música. Na segunda-feira, 20/4, será o lançamento do edital para projetos de artes visuais. 

Pipa em Casa 
Seguindo o formato de editais, o Instituto Pipa decidiu destinar uma verba emergencial de R$50 mil para apoiar os artistas. Até 20/4, todos os indicados ao Prêmio Pipa desde 2010 poderão se inscrever para participar do Pipa Em Casa, uma mostra virtual com trabalhos que estão sendo realizados durante o isolamento. Do total de inscritos, dez irão receber uma doação de R$5 mil cada. Os selecionados serão anunciados em 5/5.

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.