Festival de literatura em português

Instituto Eva Herz organiza série de encontros com escritores de Portugal, Moçambique e Brasil, como Mia Couto e Milton Hatoum

Luana Fortes
Simone Duarte, a curadora da programação do festival Minha Língua, Minha Pátria (Foto: Divulgação)

A língua portuguesa, tema da edição #36 da seLecT, também é assunto do festival literário Minha Língua, Minha Pátria, organizado pelo Instituto Eva Herz, criado em 2011 pela Livraria Cultura. Em sua segunda edição, o evento chega à cidade de São Paulo após marcar presença em Salvador com a participação de pessoas como a jornalista portuguesa Joana Gorjão Henriques, entrevistada na #seLecT36. Na capital paulistana, a programação é intensa e acontece durante quatro dias, com encontros entre escritores de Portugal, Moçambique e Brasil, curados pela jornalista Simone Duarte.

A conversa A Trilogia do Imperador, entre o moçambicano Mia Couto e Paulo Werneck, ex-curador da Festa Literária Internacional de Paraty (FLIP), inaugura a agenda em 23/11. No dia seguinte, o crítico Samuel Titan Jr. fala com Milton Hatoum, que na ocasião também lança o romance A Noite da Espera, depois de nove anos sem publicar um título. Em seguida, no sábado dia 25/11, encontram-se os escritores Isabela Figueiredo e Bruno Vieira Amaral, bastante reconhecidos em Portugal, com moderação do escritor Paulo Roberto Pires. E, por fim, em 26/11, os quadrinistas brasileiros Fábio Moon e Gabriel Bá batem papo com o português Afonso Cruz, também ilustrador além de escritor e músico.

Serviço
Minha Língua, Minha Pátria
Até 26/11
Livraria Cultura Shopping Iguatemi
Av. Brigadeiro Faria Lima, 2232
facebook.com/institutoevaherz

 

A Trilogia do Imperador
com Mia Couto e Paulo Werneck
23/11 às 19h30
A Noite da Espera
com Milton Hatoum e Samuel Titan Jr.
24/11 às 19h30
Mera ficção e pura realidade: as vozes da margem sul do rio Tejo
com Isabela Figueiredo, Bruno Vieira Amaral e moderação de Paulo Roberto Pires
25/11 às 16h
Quadrinhos e literatura, porque sim!
com Fábio Moon, Gabriel Bá, Afonso Cruz e moderação de Isabel Lucas
26/11 às 16h

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.