FotografiaS

Antilogias: O Fotográfico na Pinacoteca propõe múltiplos olhares sobre a fotografia como linguagem

Da redação

Publicado em: 23/05/2017

Categoria: Da Hora, Notícias Quentes

Cena (2002), de Paulo D'Alessandro (Fotos: Cortesia do fotógrafo)

Acompanhar a formação do acervo fotográfico da Pinacoteca, sendo ela um dos primeiros museus de São Paulo, é também acessar os diferentes olhares que essa linguagem pode propor. Em Antilogias: O Fotográfico na Pinacoteca, é possível traçar paralelos históricos entre trabalhos ou atentar à pesquisa de cada artista, abstendo-se de relações cronológicas.

  • Gatsby (2013), de Paulo D'Alessandro
  • Pancetti (2010), de Paulo D'Alessandro
  • Marilyn (2003), Paulo D'Alessandro

Com curadoria de Mariano Klautau Filho, acompanhado de Pedro Nery, a exposição apresenta cerca de 250 trabalhos que exploram a fotografia como meio. Entre os artistas estão nomes como Hudinilson Júnior, Geraldo de Barros e Rosângela Rennó, além de Paulo D’Alessandro e Giselle Beiguelman, colaborador e conselheira editorial da seLecT, respectivamente.

Serviço
Antilogias: O Fotográfico na Pinacoteca
Pinacoteca de São Paulo
Praça da Luz, 2
Até 7/8
pinacoteca.org.br

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.