FotoRio 2016

Programação do evento destaca-se por temática e perfil ecléticos dos artistas

Ana Abril

Publicado em: 01/06/2016

Categoria: Da Hora, Destaque, Notícias Quentes

Fotografia da mostra Delírios Coletivos, de Pandilla (Foto: Divulgação)

A 9ª edição do FotoRio chega à capital carioca durante os meses de junho e julho, com o objetivo de difundir e valorizar a arte dos registros estáticos. A temática e o perfil ecléticos dos artistas surgem em trabalhos estritamente fotográficos e outros que cruzam linguagens, como colagem e manipulação digital. Na programação, nomes consagrados, como Carlos Vergara, mesclam-se a novos talentos em exposições e debates.

A mostra de Vergara, um dos precursores da fotografia inovadora, traz imagens marcantes de sua carreira, como a documentação do bloco carnavalesco Cacique de Ramos.

A transgressão de outro pioneiro brasileiro, Hélio Oiticica, é o fio condutor da exposição Delírios Coletivos. Baseada na ideia de captar a paisagem através do olhar atento, a mostra explora as ruas do centro da cidade do Rio. Os autores das imagens são o Coletivo Gráfico, MIÚDA, Norte Comum e Pandilla.

Além das exposições, seminários e workshops estarão espalhados por toda a capital fluminense. O Museu de Arte do Rio (MAR), a PUC Rio e o Ateliê Oriente são alguns dos espaços que abrigam atividades da programação. Entre elas, destaca-se o workshop Experiência Imersiva Anatomia de um Ensaio Fotográfico, de Eder Chiodetto.

Outro ponto alto da programação é a Residência Artística, que começa no dia 18 de junho. Durante 15 dias, os integrantes participam de atividades de imersão, criação, experimentação e pesquisa em fotografia. A residência culminará com uma exposição coletiva. Confira a programação completa.

Tags: , , ,

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.