Galerias paulistanas recebem exposições internacionais

Com o projeto colaborativo Condo, nove galerias de São Paulo abrem as portas para onze estrangeiras

Luana Fortes

Publicado em: 26/03/2019

Categoria: Sem categoria

Para a segunda edição do projeto Condo em São Paulo, a Galeria Jaqueline Martins recebe a Gallery P420 (Bolonha), com trabalhos de Joachim Schmid. Na imagem, R.Flick Collection (2017)

A reportagem Somar Para Não Encolher, da edição #39 da revista seLecT, tratou de parcerias institucionais no mercado de arte. Um dos casos mencionados foi o do projeto colaborativo Condo, que até então só acontecia no Brasil, em São Paulo, por envolvimento da galerista Jaqueline Martins. A galeria participa do Condo desde a primeira edição em Londres 2016! Imediatamente eu quiz trazer Condo para São Paulo. Mas, quando comentei com os galeristas colegas, não houve adesão. Talvez por não conhecer o projeto, ninguém topou receber galerias de outros países” conta Martins à seLecT.

O projeto Condo promove exposições a partir de intercâmbios internacionais e permite que galerias apresentem seus artistas em diferentes países e assim alcancem novos públicos. O Condo já aconteceu em Londres, Nova York, Xangai e Cidade do México. Em abril de 2018, o projeto chegou em formato reduzido a São Paulo. “Na primeira edição [no Brasil], a minha galeria recebeu oito galerias internacionais e foi ótima a experiência. Os clientes adoraram ter essa oportunidade de ver na cidade galerias e artistas que eles não conheciam ou que conhecem apenas do ambiente de feiras em outras cidades” diz a galerista.

Agora, nas vésperas de uma nova edição da feira internacional SP Arte, momento ideal para um projeto como o CONDO, o cenário mudou. “Para 2019 felizmente conseguimos que outras galerias na cidade se abrissem para receber”, celebra Martins. Se, em 2018, sete galerias estrangeiras dividiram o espaço da Galeria Jaqueline Martins, este ano, onze gringas ocupam nove espaços paulistanos.

As galerias inauguram exposições entre os dias 30 e 31 de março. Veja quais as parecerias deste ano nas imagens abaixo. A Sé Galeria não divulgou imagens de suas exposições, mas recebe mostras da Proyectos Ultravioleta (Guatemala) e da Galeria PM8 (Vigo).

  • Galeria Raquel Arnaud recebe Mor Charpentier Galerie (Paris), que apresenta obras do venezuelano Alexander Apóstol. O artista pesquisa a herança da arte cinética na Venezuela
  • Galeria Lume recebe a exposição coletiva Swift's Machine, da galeria Levy.Delval (Bruxelas). Na imagem, obra de Cheryl Donegan
  • Casa Triângulo recebe Grimm Gallery (Amsterdam/Nova York). Na imagem, still do filme Nummer Twee, just because I'm standing here doesn't mean I want to (2003), de Guido Van Der Werve
  • Galeria Leme AD recebe Galeria Nuno Centeno (Porto), com obras de Max Ruf
  • Galeria Luciana Brito recebe Galeria Madragoa (Lisboa. Na imagem, Untitled (2017), de Joanna Piotrowska (Foto: Cortesia da Galeria)
  • Galeria Marilia Razuk recebe duas estrangeiras. Uma delas é a Galeria Antoine Levi (Paris), que mostra fotografias da série I Travestiti (1965-1979) de Lisetta Carmi
  • Galeria Marilia Razuk recebe duas estrangeiras. Uma delas é o Instituto de Visión (Bogotá), com obras da argentina Amalia Pica, como a instalação Mobilize (2017), na imagem
  • Galeria Jaqueline Martins recebe a Galeria P420 (Bolonha), com trabalhos de Joachim Schmid. Na imagem, FixFoto (1986)
  • Central Galeria recebe exposição das três mulheres Kate Newby, Beatriz Olabarrieta e Emma Hart, da galeria The Sunday Painter (Londres). Na imagem, Get Some Air and Water (2018), de Kate Newby

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.