Gemas e pedras

Guilherme Kujawski

Publicado em: 28/04/2015

Categoria: Da Hora, exposições e bienais

Rolls-Royce Motor Cars comissiona trabalho de Isaac Julien para a Bienal de Veneza

Isaac_body

Legenda: Still do filme Stones Against Diamonds (2015), de Isaac Julien (foto: Divulgação)

Espeleologia e Lina Bo Bardi são as inspirações do mais recente trabalho do artista britânico Isaac Julien. A obra, baseada em um dos ensaios do livro homônimo da arquiteta ítalo-brasileira, foi comissionada pelo programa de artes da Rolls-Royce Motor Cars, o mesmo que financiou uma obra da artista Regina Silveira na SP-Arte 2014.

Neste projeto, Julien se aventurou por cavernas glaciais na Islândia com o intuito de capturar imagens de minerais não preciosos, os quais eram considerados por Lina como mais contundentes que os preciosos, por suas características imanentes e transcendentes. A ideia é associar as gemas telúricas com os materiais aplicados na forma de produção “artesanal” da famosa marca britânica de automóveis.

No filme, a atriz Vanessa Myrie interpreta uma guia espiritual que conduz os espectadores a uma viagem através de uma paisagem de rochas, gelo e areia vulcânica. O trabalho terá a sua première na 56ª Bienal de Veneza e será exibido nos jardins do palácio Malipiero, próximo ao centro de artes do Palazzo Grassi. Em seguida, segue para a feira Art Basel (exibições nos dias 16 e 17 de junho de 2015).

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.