Leilão-surpresa à vista

Ateliê 397 realiza oitava e última edição do Surpraise, antes de mudar de sede e estrutura organizacional

Luciana Pareja Norbiato
Participante coloca etiqueta que marca lance no leilão Surpraise (Foto: Cortesia Ateliê 397)

Quem já é habitué do Surpraise, leilão anual às cegas cuja renda é revertida para a manutenção do seu organizador, o Ateliê 397, não pode perder a oitava edição, que acontece no próximo dia 3/12 (sábado), a partir das 15h. Ela será a última, já que a partir de 2017 o espaço independente vai mudar de sede e de estrutura organizacional.

Como sempre, o leilão traz obras de nomes representativos da cena contemporânea: Nuno Ramos, Shirley Paes Leme, Ding Musa, Jaime Lauriano, Kika Nicolela, Bruno Baptistelli, Chico Santos, Edu Marin, Flávia Junqueira, Flora Leite, Frederico Filippi, Geórgia Kyriakakis, Raphael Escobar, Rodrigo Sassi, Sergio Pinzón, Victor Leguy, Yuli Yamagata e Iara Freiberg, entre outros.

Os lances para cada obra começam em R$ 300, mas o diferencial é que não se sabe qual delas está em jogo. Apenas depois do arremate o comprador vai saber o trabalho adquirido. Neste ano, aqueles que derem lances no leilão participarão também do sorteio de uma obra do artista homenageado, Marcelo Amorim.

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.