Livro O Trágico, o Sublime e a Melancolia

Lançamento de novo título da editora Relicário terá debate com trio de organizadores em Belo Horizonte

Publicado em: 14/08/2016

Categoria: Agenda

Capa do primeiro volume do livro O Trágico, o Sublime e a Melancolia (Foto: Caroline Gischewski)

Os dois volumes de O Trágico, o Sublime e a Melancolia, novo título da Relicário Edições, mostram como esses três conceitos-chave da Estética desde seu surgimento como disciplina filosófica, no século XVIII, são ainda férteis e capazes de nos dar muito a pensar. O livro será lançado em Belo Horizonte no dia 16 de agosto, terça-feira, às 19h30, no Sesc Palladium. O evento terá um debate sobre arte contemporânea com os organizadores da publicação: Verlaine Freitas, Rachel Costa e Debora Pazetto.

O Trágico, o Sublime e a Melancolia reúne artigos dos pesquisadores Jeanne Marie Gagnebin, Pedro Süssekind, Rodrigo Duarte, Christian Bauer, Virginia Figueiredo, Taisa Palhares, Susanne Kogler, Luciano Gatti e Martha D’Angello, entre outros. A obra é um desdobramento do 12º Congresso Internacional de Estética, realizado em Belo Horizonte, em 2015, e dedicado aos três conceitos. Termos que se referem a sentimentos intensos, muito mais do que a questões de gosto como aquelas envolvidas no sentimento de belo, o trágico, o sublime e a melancolia permanecem atuais quando desejamos refletir acerca do incomensurável e do ameaçador, do obscuro e do inexplicável, bem como do ultrapassar de todos esses sentimentos por vezes atemorizantes, ou, no mínimo, paralisantes.

Serviço
O Trágico, o Sublime e a Melancolia – volumes 1 e 2
Sesc Palladium
Avenida Augusto de Lima, 420, Centro, Belo Horizonte
16/8
Terça-feira, a partir das 19h30
Tel.: (31) 3270 8100

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.