Louvre ficcional

Edifício modernista projetado por Artacho Jurado, em São Paulo, será transformado em museu e recebe obras de artistas brasileiros

Fachada do edifício modernista projetado por Artacho Jurado, em São Paulo (Foto: Flickr)

O icônico Louvre, edifício modernista tropical projetado nos anos 1950 pelo arquiteto Artacho Jurado, em São Paulo, não têm pirâmide de vidro nem ornamentos neoclássicos. Mas durante um mês será transformado em um “museu ficcional”, com obras de artistas brasileiros especialmente criadas para a ocasião. O projeto museu do louvre pau-brazyl (em letras minúsculas, para ressaltar a crítica institucional aos grandes museus) tem curadoria dos jovens Guilherme Giufrida e Jessica Varrichio. Entre os artistas, estão os consagrados Cao Guimarães, Laura Vinci e Yuri Firmeza.

Serviço
Museu do Louvre Pau Brazyl
Edifício Louvre
Avenida São Luís, 192, Centro, São Paulo
Até 14/10
www.louvrepaubrazyl.org

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.