Maldade

Emília Vandeley

Publicado em: 29/11/2012

Categoria: Selects, som

Na seção seLecTs: dez malvados desconhecidos que deixariam Carminha e Max no chinelo

Moors_murderers

Psicopatas, canibais, uma rainha louca e condessa vampira. Confira a lista com as pessoas mais horripilantes e más da história:

Carl Panzram 

Foi um serial killer americano, estuprador incendiário, e assaltante. Panzram confessou 22 assassinatos, e de ter sodomizado mais de 1.000 homens entre 1908 e 1920.

Carl_panzram

Ian Brady

 É um notório assassino escocês. Ao lado de sua namorada, Myra Hindley, matou, estuprou e torturou três crianças e duas adolescentes na região de Manchester entre 1963 e 1965. Em agosto de 2012, ofereceu ajuda a polícia para encontrar um dos corpos de umas das suas vítimas_ desaparecida desde 1965_ em troca de lhe ser autorizado o suicídio. 

Ian Brady

Shiro Ishii 

General e microbiólogo do exército japonês durante a Segunda Guerra. Em experimentos com armas biológicas, aplicava injeções com doenças nos prisioneiros usando-os como cobaias vivas. Segundo historiadores, após ter sido feito prisioneiro pelo exército americano em 1945, Ishii passou a trabalhar em uma divisão de armas biólogicas localizada no estado de Maryland, EUA.

Shiro-ishii

Gilles de Rais 

Foi um nobre francês que graças aos seus crimes e é considerado precursor do conceito moderno de Serial Killer. Foi acusado e condenado por torturar, estuprar e matar centenas de crianças, principalmente meninos, durante o século 15. 

390px-gillesderais1835

Thug Behram 

Pertenceu ao culto Thuggee, da Índia, que em rituais a deusa Khali, assassinava viajantes nas estradas durante o século 19. Segundo historiadores, Behram pode ter matado até 931 pessoas por estrangulamento entre 1790-1840. A palavra em inglês “Thug” (Bandido) teve origem no seu nome.

Thug-behram-serial-killer-225x300

Elizabeth Báthory 

Condessa húngara que viveu entre o século 16 e 17, também conhecida como a Condessa “Drácula”. Após torturar suas criadas, banhava-se no sangue derramado. Estima-se que tenha assassinado cerca de 600 pessoas. 

Elizabeth Bathory

Ilse Koch 

Casada com o comandante do campo de concentração de Buchenwald, Karl Koch, durante a Segunda Guerra Mundial, tornou-se conhecida por colecionar pedaços de peles tatuadas de prisioneiros do campo. Entre os prisioneiros do campo de concentração que seu marido comandava era conhecida como a “cadela de Buchenwald”.

Ilse_koch1

Delphine LaLaurie 

Socialite que viveu em Nova Orleans no século 19. Após um incêndio em sua casa, descobriu-se que torturava e mutilava seus escravos. Ao todo, estima-se que tenha matado mais de cem pessoas. Sua casa hoje é atração turística na cidade.

Delphine-lalaurie

Myra Hindley 

Junto de seu namorado, Ian Brady, foi responsável por uma série de assassinatos na área de Manchester da Inglaterra em meados de 1960. Foi responsável pelo sequestro, abuso sexual, tortura e assassinato de três crianças e duas adolescentes. 

Myra Hindley

Ranavalona I 

Foi rainha de Madagascar durante o século 19. Ficou conhecida como Bloody Mary de Madagascar. Matou mais de metade da população de seu país com o objetivo de exterminar a população cristã. É chamada de “Rainha Calígula” devido o sadismo com que perseguiu e matou os cristãos perseguidos.

Ranavalona I

Lista publicada na edição 08, agosto 2012

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.